20 melhores jogos de terror que vão te dar pesadelos!

A possibilidade de mergulhar de cabeça em diferentes mundos, assumir o comando de personagens e viver histórias inimagináveis é uma das melhores coisas dos vídeo games. 

Nesse aspecto, os games de terror sempre se destacaram por conseguirem imergir os jogadores em seus piores pesadelos. 

Confira alguns dos títulos que mais assustaram os gamers nos últimos anos, seja pelos jump scares, pela natureza gore e bizarra ou pelo terror psicológico perturbador.

20. Little Nightmares (2017)

little nightmares

Plataformas: PS4 / XBox One / Nintendo Switch / PC

Little Nightmares é um conto de fadas sombrio e macabro que se foca em um mundo com personagens grotescas tentando devorar seu personagem. Você terá de escapar esse pesadelo, passando de quarto em quarto, tentando nunca alertar as criaturas que o rodeiam.

É verdade que o game não é perfeito, sofrendo principalmente de alguns problemas com os controles, mas a atmosfera de desconforto e terror que envolve o jogador consegue causar verdadeiros ataques de nervos e desconforto. Isto não é apenas causado pelos visuais e música assustadores, mas especialmente pela pressão que o jogador sente em se manter escondido e a salvo o tempo todo.

19. SOMA (2015)

soma

Plataformas: PS4 / XBox One / PC

A Frictional Games pegou em tudo o que aprendeu e aperfeiçoou sobre terror psicológico no seu game anterior e levou tudo isso algumas décadas para o futuro.

Após um tratamento experimental, Simon Jarrett acorda 89 anos no futuro, em um local decrépito populado com monstros e ciborgues sinistros. É certo que os elementos biotecnológicos em uma base submersa vão o lembrar de Bioshock, mas SOMA consegue ser muito mais chocante e desconfortável. Isto porque o game toca em questões morais e éticas sobre a natureza humana, tudo isto envolvido em uma atmosfera aterrorizadora.

18. Doki Doki Literature Club! (2017)

doki doki

Plataformas: PC

Doki Doki Literatura Club! parece um típico date simulator, em que um garoto tem de escolher entre várias garotas bonitas e engraçadas, mas na verdade é muito mais do que isso. Mesmo com a primeira metade do game não contendo nada de suspeito, apenas uma poesia um pouco sinistra, repentinamente as coisas mudam drasticamente e você entenderá então o porquê desse game com personagens de estilo anime ser afinal um dos mais assustadores de sempre.

Claro que parte do sucesso como game de terror, é o jogador não saber que é efetivamente um game de terror. Mas mesmo desconfiando da verdade, você vai conseguir viver uma experiência única em um jogo completamente diferente do usual.

17. Resident Evil 7: Biohazard (2017)

resident evil 7

Plataformas: PS4 / PS VR / XBox One / PC

Resident Evil 7: Biohazard acabou sendo um sucesso em um período em que a franquia estava perdendo popularidade. É certo que o game recebeu críticas por se assemelhar ao popular P.T., mas eventualmente conseguiu se provar como único.

A história, que oferece uma visão cinematográfica dos Bakers, uma família de torturadores macabros, homenageia os games anteriores ao revitalizar algumas tradições clássicas como munições bastante escassas e lutas nojentas. Além disso, a vista em primeira pessoa abre portas à possibilidade de jogar em Realidade Virtual, o que causa com que o game seja ainda mais perturbador e desconfortável para o jogador.

16. Condemned: Criminal Origins (2005)

condemed

Plataformas: XBox 360 / PC

Neste game você entende perfeitamente como o ser humano consegue ser mais assustador do que qualquer monstro fictício. Uma mistura de terror e mistério leva o jogador a investigar pistas forenses de vários assassinatos horríveis de forma a descobrir o culpado. A trama acaba por não ser muito coesa, mas os puzzles e as lutas contra cidadãos tentando remover seus membros um por um valem muito a pena.

O game é muito físico, se focando em um sistema de ataque/bloqueio, com pistolas e suas munições sendo muito raras. É consistentemente sombrio e imprevisível, quebrando a linha que separa a realidade do pesadelo, e levando o jogador a momentos de elevado estresse.

15. Dying Light (2015)

dying light

Plataformas: PS4 / XBox One / PC

Lançado pela TechLand (Dead Island), Dying Light é um game de survival horror que deixa o seu coração aos pulos do começo ao fim! O stress durante o jogo é tão intenso que você passará uns longos dias até se recuperar de toda a tensão vivida. 

O jogo te coloca como o sobrevivente de uma epidemia mortal, preso numa cidade que foi completamente destruída pelas ameaçadoras criaturas infectadas. Você deve aproveitar muito bem os raios de sol para coletar o máximo possível de armas e suprimentos, pois quando a noite cai... O terror começa!

É interessante ver as técnicas de parkour que o protagonista usa para escapar da horda de infectados. E quanto mais escuro estiver, mais fortes e velozes eles se tornam, portanto é melhor correr, pular e se esconder!

Por ser um game em primeira pessoa, com imagens realistas e o constante stress de ser perseguido por monstros, faz com que Dying Light seja um jogo que não vai sair de sua cabeça tão cedo.

14. Layers of Fear (2016)

layers of fear

Plataformas: PS4 / XBox One / Nintendo Switch / PC

Ao contrário de Dying Light, em Layers of Fear o terror é totalmente psicológico. O jogo se passa no século XIX e o jogador encarna um pintor enlouquecido que tenta finalizar a sua obra-prima.

Em meio a vários puzzles que precisam ser completados, ainda temos que encontrar itens e resolver mistérios que revelam o que aconteceu com o protagonista, assim como quais foram as razões que o levaram ao seu atual estado mental.

O game é em primeira pessoa e o personagem não tem armas para se defender das ameaças que vai encontrando (algo que lembra bastante outro clássico do terror, Amnesia: The Descend).

A sensação de terror é potencializada pelas imagens impressionantes do jogo, assim como toda a estrutura sonora e musical, que cria um ambiente macabro e bastante tenso. A imersão no game é garantida, portanto se prepare para ficar impressionado.

13. F.E.A.R (2005)

FEAR

Plataformas: PS3 / XBox 360 / PC

First Encounter Assault Recon. Este é o significado de F.E.A.R, um game de tiro em primeira pessoa que desafia os seus nervos com as aterrorizantes aparições de Alma.

Os cenários obscuros e os constantes acontecimentos sobrenaturais que o jogo traz, faz com que você fique arrepiado do começo ao fim da partida. Além disso, os gráficos soturnos, as sombras angustiantes e a "chuva de sangue", também ajudam a criar a atmosfera aterrorizante que caracteriza a franquia.

Este survival horror é uma trilogia, que conta com outras duas continuações: F.E.A.R 2: Project Origin e F.E.A.R 3

12. Alan Wake (2010)

Alan wake

Plataformas: XBox 360 / PC.

Produzido pela Remedy Entertainment (Max Payne), Alan Wake é um game de terror psicológico com um enredo muito bem escrito e estruturado, mantendo um clima constante de suspense que agradará os fãs do gênero.

A trama se foca em Alan, um escritor de bestsellers de terror que parte para Bright Falls com a sua esposa com o intuito de ter inspirações para o seu novo livro. No entanto, ao chegar no local, começam uma série de eventos bizarros. 

Enquanto tenta encontrar a sua mulher que desapareceu, Wake terá que lidar com criaturas desconhecidas num ambiente tenso e macabro. A luz é a única salvação do escritor. 

Alan Wake foi muito aclamado pela crítica, tanto pela sua atmosfera de suspense, a narrativa e o ritmo do jogo. Por este e outros motivos, este game não podia estar de fora desta lista.

11. The Evil Within (2014)

the evil within

Plataformas: PS4 / XBox One / PC.

Um dos survival horror mais cultuados entre os fãs do gênero. The Evil Within te coloca na pele de Sebastian Castellanos, um detetive que é chamado para averiguar um pedido de socorro do hospício Beacon Mental Hospital. Ao chegar lá, no entanto, Sebastian encontra um terrível e inexplicável massacre.

A ambientação do game é angustiante e recheada de "clichês" dos clássicos filmes de horror gore. É impossível não caminhar pelos corredores macabros do hospício sem ficar tenso com os gemidos da densa atmosfera claustrofóbica do local.

Os cenários são perturbadores e escapar dos inimigos (um mais grotesco que o outro) é uma experiência no mínimo traumatizante.

O game também conta com uma continuação aterrorizante, The Evil Within 2 (2017), disponível para PS4, XBox One e PC. 

10. Alien Isolation (2014)

alien isolation

Plataformas: PS4 / XBox One / PS3 / XBox 360 / PC.

Após vários games fracassados da franquia Alien, eis que finalmente surge uma esperança para os gamers aficionados por jogos de terror e sobrevivência (e fãs do Xenomorfo). 

Alien Isolation recria com êxito o clima original da saga, iniciada em 1979. E se tem algo que merece destaque no game é justamente a ambientação. Com uma excepcional qualidade gráfica, o jogador mergulha no ambiente criado pela The Creative Assembly, envolvido por um silêncio perturbador, uma trilha sonora soturna e impecável, além dos cenários que dão frio na espinha até ao mais bravo dos desbravadores.

9. Fatal Frame (2001)

fatal frame

Plataformas: PS2 / XBox.

Também conhecido como Project Zero, Fatal Frame é para aqueles que têm pavor de fantasmas ou de qualquer outro tipo de evento sobrenatural. 

O game lança o jogador num mundo recheado de superstições japonesas, e todos nós sabemos como o povo do "Sol Nascente" tem uma imaginação bastante fértil na hora de criar histórias do gênero, não é mesmo?

Uma câmera obscura (máquina fotográfica antiga) é a sua única arma. Para exorcizar os espíritos você deve fotografá-los. Quem sempre ficou com receio na hora de revelar os seus filmes fotográficos e encontrar vultos fantasmagóricos, este jogo vai trazer "belas" recordações.

O que muita gente não sabe é que Fatal Frame é inspirado numa história verídica que supostamente aconteceu na mansão Himuro, no Japão. Entre as lendas envolvendo o local estão histórias de rituais e mortes extremamente violentas, como o "Ritual do Estrangulamento".

A série conta com cinco jogos lançados: Fatal Frame (2001); Fatal Frame II: Crimson Butterfly (2003); Fatal Frame III: The Tormented (2005); Fatal Frame: Mask of the Lunar Eclipse (2008); e Fatal Frame: Maiden of Black Water (2015).

8. Until Dawn (2015)

until dawn

Plataformas: Playstation 4.

Este foi um dos jogos mais esperados de 2015, principalmente devido a sua jogabilidade pouco usual e que faz com que uma decisão errada custe a vida de todos os seus amigos.

Com uma mecânica de jogo ao estilo "Efeito Borboleta", ficamos no controle de oito personagens diferentes. Enquanto tentam encontrar duas irmãs gêmeas que estão desaparecidas, os jovens terão que escapar de um terrível psicopata mascarado. 

Outra característica interessante de Until Dawn são as consultas que fazemos ao longo do jogo com Dr. Phill. Ele revela quais são os nossos piores medos e, como se isso não bastasse, eles são impressos no game, tornando-o ainda mais aterrorizante para cada pessoa.

Until Dawn ainda pode ser visto como uma grande homenagem aos clássicos filmes de "terror adolescente", como Eu Sei O Que Você Fizeram No Verão Passado e Premonição

Para quem está buscando por uma alternativa aos tradicionais survival horror, Until Dawn é uma boa opção. Ah, e devido ao "efeito borboleta", o game traz diferentes desfechos, fazendo com que o jogador se aventure várias vezes pelas Montanhas Rochosas do Canadá.

7. Dead Space (2008)

dead space

Plataformas: PS 3 / XBox 360 / PC.

Dead Space é um genuíno exemplar de survival horror, apresentando todos os elementos que caracterizam este gênero de terror. 

A trama do jogo se passa num futuro distante, quando a Terra já se encontra sem recursos para a vida e os humanos precisaram explorar outros planetas em busca de minerais. Encarnamos o papel do engenheiro Isaac Clarke, que tem a missão de reparar uma das naves mineradoras que, inexplicavelmente, perdeu a comunicação com a central.

Mesmo recheado de clichês, o clima de tensão do jogo é bem constante, principalmente devido aos cenários sombrios e aos sustos que levamos das criaturas mais bizarras imagináveis. Outro ponto que merece destaque é o enredo que, mesmo simples e pouco complexo, está muito bem amarrado.

Dead Space é uma trilogia formada por Dead Space: Extraction (2009), uma prequela do game original, e Dead Space 2 (2011), a sequência.

6. Resident Evil (1996)

resident evil

Plataformas: Playstation.

Uma das franquias mais icônicas do gênero survival horror não podia ficar de fora. Entre os mais de sete títulos que já foram lançados, o destaque vai para o primeiro game da série. 

Tudo começa nas Montanhas Arklay, onde uma série de assassinatos envolvendo canibalismo leva o grupo S.T.A.R.S (unidade tática da polícia de Raccoon City) a investigar o ocorrido. O jogador pode escolher jogar com Chris Redfield ou Jill Valentine e lutar pela sobrevivência, enquanto resolve puzzles e elimina os clássicos mortos-vivos da série.

Em 2014, foi anunciado o Resident Evil HQ Remaster, uma versão remasterizada do primeiro game da franquia, para o PS3, PS4, XBox 360, XBox One e PC. Além das melhorias gráficas e sonoras, o game ainda traz um novo tipo de inimigo nunca antes visto.

5. Amnesia: The Dark Descent (2010)

amnesia

Plataformas: PC

Produzido pela Frictional Games (mesma desenvolvedora da clássica série Penumbra), Amnesia: The Dark Descent é um dos survival horror mais angustiantes que existem. O motivo? Daniel, o protagonista do jogo, tem que explorar castelos sombrios e cheios de monstros sem nenhuma arma para se defender.

Segurando apenas uma lanterna nas mãos, o objetivo do jogo é resolver puzzles e enigmas para que o protagonista possa recuperar a sua memória. E como dito, não conte com armas para sobreviver em Amnesia: The Dark Descent. A sua inteligência e raciocínio é o que te manterá vivo... e com sanidade!

Lembre-se: não encare os monstros em Amnesia, pois eles são os responsáveis por baixar o seu "nível de sanidade" no game. Fuja, corra e se esconda, como se a sua vida dependesse disso... E depende.

4. Silent Hill 2 (2001)

silent hill 2

Plataformas: PS2 / PS3 / XBox 360 / PC

A continuação de Silent Hill é considerado um dos melhores títulos da franquia. No entanto, ao contrário do que muita gente possa imaginar, Silent Hill 2 não é uma sequência direta dos eventos ocorridos no primeiro game. 

Estamos no controle de James Sunderland, que após receber uma carta de sua esposa, morta há 3 anos, parte para Silent Hill pensando que lá encontraria a amada. 

É impossível não ficar tenso com a famosa névoa que paira eternamente sobre a cidade fictícia. Assim como não se impressionar com as criaturas bizarras que estão escondidas nos cantos mais sombrios do cenário.

3. Slender: The Arrival (2013)

slender

Plataformas: PS4 / XBox One / XBox 360 / Wii U / PC

Baseado na lenda urbana do Slender Man, Slender: The Arrival é um terror psicológico que vai te dar muitos pesadelos com o famoso "homem alto de terno preto".

Assim como Slender: The Eight Pages, o game antecessor do The Arrival, este jogo também é em primeira pessoa e o objetivo é muito simples: fugir do Slender Man.

O que mais provoca pavor nos jogos do Slender é a imprevisibilidade. A criatura pode estar a sua espera em qualquer lugar e você não tem como derrotá-la.

As suas únicas armas são uma lanterna, uma câmera e as suas pernas, mas mesmo elas deverão ser poupadas, pois se correr muito fica sem estamina. Ficar cansado durante uma perseguição não será nada agradável. 

2. P.T - Silent Hills (2014)

pt silent hills

Plataformas: PS4

P.T é um teaser jogável que pertencia a um novo game da franquia Silent Hill. No entanto, infelizmente, o projeto foi cancelado e os fãs do survival horror não terão a oportunidade de ver o projeto concluído (pelo menos por enquanto).

O game que se foca no terror psicológico foi projetado por Hideo Kojima (Metal Gear), com colaboração do cineasta Guillermo Del Toro. E tal combinação não poderia ter dado mais certo!

A ambientação do jogo está impecável, com uma louvável riqueza de detalhes, sejam visuais ou sonoros (os ruídos são muito assustadores).

Para conseguir escapar da macabra casa, o jogador deve concluir com êxito uma série de enigmas assustadores e percorrer todos os diferentes loops dos corredores da residência. Caso contrário, Lisa, uma fantasma nada amigável, irá te dar um dos jump scares mais fortes da sua vida!

1. Outlast (2013)

outlast

Plataformas: PS4 / XBox One / PC

Assim como em outros games que já citamos por aqui, Outlast é um survival horror onde armas não existem. Uma câmera digital é o único "armamento" que você terá para se proteger das ameaças encontradas no hospício que é o principal cenário do jogo.

O ambiente quase que totalmente escuro, a trilha sonora, a vulnerabilidade do personagem (que está desarmado) e os inimigos que correm mais do que atletas olímpicos fazem com que o clima de tensão seja contínuo em Outlast.

Em 2017 foi lançado o segundo título da franquia, Outlast 2, que também foi um sucesso entre os críticos. O novo game traz muitas características similares ao primeiro, mas com algumas novidades interessantes, como o sistema de scanner do Modo Audio, por exemplo.