Conheça a Flechete, uma das integrantes da Justiça Jovem

Criada pelo roteirista Tom Peyer e pelo ilustrador Craig Rousseau, a Flechete fez a sua estreia nos quadrinhos em 1997 numa HQ do Impulso (um personagem do universo do Flash).

A personagem teve algum sucesso no início dos anos 2000, tendo se tornado regular no elenco da Justiça Jovem.

No entanto, após ter marcado presença em mais de 120 HQs, a Flechete decidiu se aposentar da vida como super-heroína e, ao contrário do que acontece com a maioria dos personagens de quadrinhos, a sua decisão foi completamente irreversível. Ela agora vive uma vida normal como qualquer garota da sua idade.

Uma família de heróis

arrow-girl-2

Altruísmo deve ser algo que está bem presente no código genético de Cissie King-Jones, pois antes dela se transformar na super-heroína Flechete, já a sua mãe o fazia utilizando o codinome, Miss Flechete.

Apesar da identidade do pai de Cissie nunca ter sido confirmada oficialmente, se suspeita que ele possa ser o Arqueiro-Verde. Pelo menos isso é o que a mãe de Cissie diz, apesar de Oliver Queen negar qualquer tipo de ligação familiar com Cissie.

Como seria de esperar, Cissie passou toda a sua infância se preparando para um grande objetivo - continuar o legado da sua mãe como super-heroína.

Tudo começou num encontro com o Impulso

IMPULSE-ARROW

Como dissemos, a carreira da Flechete nos quadrinhos começou na HQ número 59 do Impulso, tendo sido introduzida como interesse romântico do velocista.

No entanto, os roteiristas decidiram desenvolver mais a personagem de Cissie, lhe dando toda uma história de origem ligada a uma família com um forte passado como super-heróis.

A carreira da Flechete começou oficialmente quando ela enfrentou o vilão Spazz, foi a partir deste momento que a DC Comics ganhou mais uma arqueira. Mais tarde ela integrou o time de super-heróis da Justiça Jovem.

A sua entrada na Justiça Jovem

arrowette-dc-comics

A Flechete se juntou ao time da Justiça Jovem, durante o primeiro conflito da equipe contra o vilão Harm. Durante o combate contra o habilidoso personagem, Harm apanhou uma das flechas de Cissie e a lançou contra a super-heroína, a machucando gravemente no ombro.

Após este incidente ela foi rapidamente resgatada pelos seus companheiros de equipe, que a retiraram da zona de combate e cuidaram das suas lesões.

O período em que a Flechete esteve na Justiça Jovem, foi sem dúvida conturbado. Por vezes Cissie tinha alguma dificuldade em controlar o seu temperamento, tendo sido até uma vez impedida de assassinar um adversário pelo Superboy.

Uma carreira bem curta

ARROW-FAN

Apesar de ser uma super-heroína cheia de potencial, Cissie decidiu se aposentar, adotando assim uma vida de pessoa normal, sem os sobressaltos inerentes a uma carreira de vigilante. A decisão de Cissie foi baseada no fato da sua mãe sempre ter decidido tudo por ela.

Mal abandonou o time de super-heróis, Cissie integrou a comitiva dos Estados Unidos para os Jogos Olímpicos, onde acabou por vencer a medalha de ouro na prova de arco e flecha.

Apesar de não fazer mais parte do time de super-heróis, ela mantém contato frequente com os restantes integrantes da Justiça Jovem. Curiosamente, o Impulso e o Superboy passam o tempo tentando convencer Cissie a voltar a vestir o seu uniforme de Flechete, mas sem sucesso!

Não precisa de superpoderes para ser super-heroína

CISSIE-ARROW

A Flechete é uma prova de que não é preciso superpoderes para ser um super-herói! Ela foi treinada desde muito jovem a dominar o arco e a flecha, tendo acabado por se tornar numa excelente arqueira.

Para além do seu talento, ela utilizava vários tipos de flechas diferentes que se adequavam a quase todos os tipos de situações. 

Mas não se deixe enganar, a Flechete não era apenas uma excelente arqueira ela também dominava várias técnicas de luta corpo a corpo. No entanto a sua maior fraqueza era mesmo o seu temperamento que, por vezes, a tornava bastante impulsiva.

A Flechete, apesar de aposentada, ainda é uma das personagens mais populares da Justiça Jovem e quem sabe se um dia ela não decide abandonar a aposentadoria!