Dragon Ball Super: filme vai ter duas linhas temporais diferentes

A cada dia que passa, mais informações vão sendo reveladas sobre o filme de Dragon Ball Super que vai estrear em dezembro deste ano. 

Os fãs de Dragon Ball já estão acostumados com a existência de universos paralelos e linhas temporais alternativas, para além de planetas do futuro e personagens vindos desses mesmos lugares, algo que foi introduzido logo em Dragon Ball Z.

Foi recentemente revelado que o primeiro filme de Dragon Ball Super vai seguir algumas dessas ideias, se passando em duas linhas temporais diferentes.

Uma história com diferentes camadas

Akio Iyoku

Akio Iyoku, um dos atuais produtores executivos da franquia Dragon Ball, revelou recentemente através de uma entrevista que a história do primeiro filme de Dragon Ball Super vai ter diversas camadas.

Segundo Akio Iyoku, a trama do filme se vai desenrolar entre o presente e o passado, criando assim uma história mais dinâmica e intensa. Algo que faz sentido, pois Yamoshi, um dos protagonistas deste filme é um antigo Saiyajin.

Akio Iyoku revelou ainda que Akira Toriyama continua sendo o responsável pelo desenvolvimento do roteiro e pelo desenho de todas as personagens presentes no filme.

Muitas novidades a caminho

dragon-ball-super-movie

Parece que Akira Toriyama está determinado em apresentar um filme épico a todos os fãs de Dragon Ball. Ao que parece, o criador da franquia está desenvolvendo muitas novidades que certamente deixarão todos contentes.

Entre essas novidades existem novos designs para antigos personagens, novos planetas e novas máquinas. Uma dessas novas máquinas parece ser uma máquina do tempo que será utilizada por alguns personagens no filme.

Mas Akira Toriyama não está sozinho! O criador da saga escolheu um time de ilustradores para trabalhar com ele neste novo projeto!

O filme de Dragon Ball Super tem estreia marcada para o dia 14 de dezembro de 2018.