Disney recontrata James Gunn para Guardiões da Galáxia Vol. 3

Após meses vendo a história da demissão de James Gunn se tornar uma grande novela, parece que a história ganhou um novo desfecho.

Após encontros entre Gunn e Alan Horn, presidente da Walt Disney Studios, finalmente o cineasta foi recontratado como diretor e roteirista de Guardiões da Galáxia Vol. 3

O caso Gunn

James Gunn

As informações exclusivas são do Deadline. De acordo com o site, o cineasta e o presidente da Walt Disney Studios estiveram diversas vezes em contato para que fosse decidido algo diante desse impasse.

Persuadido pelo pedido de desculpas vindo de Gunn, Alan Horn decidiu voltar atrás com a decisão e recontratar o diretor.

James Gunn foi demitido em julho do ano passado, quando diversos tweets antigos com piadas sobre pedofilia, feitos pelo cineasta, vieram à tona. Gunn já havia se retratado uma vez por essas publicações após ser contratado para trabalhar em Guardiões da Galáxia.

Diversas campanhas foram feitas por fãs para que a Disney voltasse atrás e considerasse recontratar o cineasta. O cast de Guardiões da Galáxia ficou ao lado do diretor durante o período em que Gunn foi duramente criticado pela mídia.

Ninguém mais acreditava na volta de Gunn após o diretor assinar com a Warner para dirigir a sequência de Esquadrão Suicida. Mas por decisão, a Marvel Studios aceitou iniciar a produção do terceiro filme após a finalização dos trabalhos de Gunn em Esquadrão Suicida 2.

Fique ligado e acompanhe os detalhes sobre a recontratação do diretor!