Watchmen: O que a diretora de The Leftovers pode trazer para a série

Recentemente, o Deadline publicou a notícia de que Nicole Kassell será a responsável por dirigir o episódio piloto da série Watchmen, nova produção da HBO que vai adaptar mais uma vez os quadrinhos para as telas. 

A diretora já foi responsável pela direção de episódios em séries de sucesso, como The Leftovers, Westworld e The Americans. Mas o que sabemos mais sobre seu trabalho e o que ela pode trazer para a nova tentativa de trazer os quadrinhos para outra plataforma?

Um diretora premiada e um piloto de grande responsabilidade

Nicole Kassell

Nicole Kassell foi escolhida para ficar à frente da direção do piloto de Watchmen por Damon Lindelof, showrunner da nova série. Os dois se conheceram durante o trabalho em The Leftovers, produção que Lindelof também comandava. O roteiro do primeiro episódio foi escrito pelo showrunner, será dirigido por Kassell e terá produção executiva encabeçada pelos dois profissionais.

Embora não seja possível saber exatamente o que a diretora poderá trazer para a adaptação do quadrinho considerado uma visão satírica e distópica do gênero super herói, podemos ter uma noção da qualidade e do estilo de sua direção a partir de seus outros trabalhos. E o portfólio é amplo!

Além de dois episódios de The Leftovers, Kassell já dirigiu, na HBO, episódios de Westworld e Vinyl. Junte a isso seu trabalho em The Americans, da FX; Better Call Sall, da AMC; e Rectify, da SundanceTV. A diretora comandou ainda a direção de season finales (último episódio de uma temporada) de produções como American Crime, da ABC; e Castle Rock, nova série (ainda a estrear) do streaming Hulu.

O estilo de direção de Kassell também já foi reconhecido em importantes premiações, conforme destacou oDeadline. Seu primeiro filme, O Condenado, estreou no Festival de Cinema de Sundance de 2004, e foi agraciado com os prêmios CACAE (Prêmio Art House) na Quinzena dos Diretores no Festival de Cinema de Cannes, Prêmio do Júri no Festival de Cinema de Deauville, uma nomeação de Humanitas, e o Prêmio Satyajit Ray no London Film Festival. O filme rendeu ainda à diretora uma nomeação a um Independent Spirit Award.

O que a imprensa destacou como "uma das atribuições de piloto premium de perfil mais alto para uma diretora feminina", referindo-se ao episódio de Watchmen, parece ser apenas mais um dia de trabalho para Kassell, uma vez que a diretora já provou saber lidar com a responsabilidade de uma produção dessa dimensão.

O que sabemos da série até agora?

watchmen

A informação que provavelmente mais saltou aos olhos dos fãs até agora foi: a série não será uma adaptação literal dos quadrinhos. A declaração foi feita pelo presidente da HBO, Casey Bloys, ao IGN, no ano passado. Na ocasião, o presidente destacou que o showrunner Damon Lindelof criou um material novo, que não faz parte da HQ, como estratégia para derivar a história em uma série.

"Damon é um dos roteiristas mais inteligentes, apaixonados e aplicados com quem já trabalhei, então ele está pensando em coisas fantásticas. Mais uma vez, não quero falar sobre os detalhes, mas quando você conversa com ele e entende como sua mente funciona, é realmente incrível."

Já este ano, Bloys fez novos comentários positivos ao trabalho de Lindelof na série. Conforme publicou o site CBR, durante a apresentação do Television Critics Association (TCA), em janeiro, o presidente da HBO afirmou já ter visto o roteiro do piloto e deu esperanças quanto ao progresso da produção.

"Eu li o roteiro, está incrível. Estou emocionado, eu imagino que iremos gravar este ano." 

Outra característica que os fãs podem esperar é o maior espaço que uma série pode proporcionar para a narrativa dos quadrinhos ganhar vida. Um ponto importante destacado por seus produtores é que a série não terá relação alguma como o filme dirigido por Zach Snyder em 2009.

A série Watchmen ainda não tem data de estreia.