Vikings | Os 10 momentos mais marcantes de Ragnar Lothbrok

A 6ª e última temporada de Vikings já está sendo transmitida e, em breve, chegaremos ao final das sangrentas aventuras que tanto nos prenderam por seis anos. Em um clima de quase despedida, portanto, vale sempre pararmos para recordar alguns dos melhores momentos da série.

Confira, então, os melhores momentos daquele que por quatro anos liderou os vikings: Ragnar Lothbrok, interpretado pelo incrível Travis Fimmel.

10. Ragnar mata Earl Haraldson

Após Ragnar falhar em uma invasão a oeste que não tinha sido autorizada por Earl Haraldson, o conde de Kattegat busca vingança pela desobediência e pela morte de seu irmão. Desafiado por Ragnar para um único combate, ele é morto pelo viking. Ragnar se torna o novo conde de Kattegat.

Esta cena marca o tom da série e é um exemplo das consequências da busca por exploração de Ragnar: um poder e uma responsabilidade que muitas vezes ele não desejou, e que ainda lhe traria tanta devastação.

9. Ragnar mata Horik

Após diversas cenas que levam o espectador a pensar que Floki realmente estava traindo Ragnar e trabalhando ao lado de Horik, é revelado que Floki sempre esteve ao lado do líder dos vikings.

O que se segue é uma cena extremamente forte de Ragnar matando Horik com grande violência. O momento demonstra não apenas a vontade de Ragnar de parar os erros de Horic, mas também seu ódio contra tudo que o rei representava e tentava fazer contra o viking.

8. Ragnar se torna rei

Após a morte de Horik, Ragnar se torna rei, embora esse nunca tivesse sido seu objetivo. A cena que o consagra como o novo governante é escura e solitária.

Abraçado a sua espada, sentado sozinho enquanto olha Kattegat, Ragnar parece obstinado a exercer bem o novo papel que lhe foi dado, embora demonstre ali também que ele, um guerreiro, nunca quis essa posição.

7. Ragnar é batizado

Gravemente ferido após a primeira e falha tentativa de invadir Paris, Ragnar faz um último pedido: ele pede para que seja batizado no cristianismo e que seja enterrado na cidade.

Em meio à revolta dos demais vikings, Ragnar é batizado no cristianismo, em uma cena extremamente marcante que põe em discussão mais uma vez os limites, o poder e o respeito às diferentes religiões.

6. Ragnar levanta do caixão

O pedido de Ragnar de ser batizado e enterrado dentro de Paris é concedido. Seu caixão é levado para dentro da cidade e velado no palácio. É neste momento que Ragnar salta do caixão.

Após matar algumas das pessoas ali presentes, ele pega a princesa Gisla como refém e garante a vitória aos vikings.

A sua suposta morte ainda foi marcada por revelações de pessoas próximas a ele e o julgavam morto. Lagertha confessa seu eterno amor ao ex-marido. Floki revela que matou Athelstan.

5. Ragnar e o rei Ecbert

Momentos antes de seguir para sua morte, Ragnar conversa com o rei Ecbert sobre a vida após a morte. Os dois discutem suas crenças, falam sobre, deuses, paraíso e Valhalla.

Entre diferentes pontos de vistas e argumentos, a cena é um dos momentos de grande complexidade emocional da série. Em uma série com tantas cenas de ação e batalhas sangrentas, esta cena traz um dilema existencial sempre tão atual.

A cena se encerra ainda com os dois personagens em posições semelhantes, demonstrando como eles são primordialmente iguais, mas tão separados por todos os conflitos de poder da sociedade em que vivem e que tenta governar.

4. As últimas palavras de Ragnar para Ivar

Em uma nova tentativa de invadir Wessex, Ragnar e Ivar são capturados. Ivar é enviado de volta a Kattegat, mas Ragnar ficará em Wessex para morrer. O que vem a seguir são as últimas palavras encorajadoras de um pai para um filho que sempre foi inseguro devido a sua condição física.

Ivar não quer partir sem Ivar, mas Ragnar convence o garoto de que é muio importante que ele viva. Ele diz que pensa diferente daqueles que acreditam que Ivar não é uma ameaça; que, de todos os seus filhos, ele é o mais importante para o futuro dos vikings: "Use sua raiva com inteligência e eu te prometo, meu filho, que um dia o mundo inteiro irã conhecer e temer Ivar, O Sem Ossos.

3. Ragnar se despede de Athelstan

A amizade inesperada entre Ragnar e Athelstan rendeu algumas cenas aclamadas pelos fãs. A morte do personagem foi um choque para Ragnar, compartilhado por todos os espectadores da série.

Embora não acredite na religião de Athelstan, Ragnar demonstra grande respeito ao se despedir do amigo colocando uma cruz cristã em seu túmulo. A cena é marcada por grande emoção, com falas de Ragnar que ele provavelmente não falaria a outras pessoas.

2. A morte do Ragnar

Uma cena extremamente chocante, Ragnar é preso em uma gaiola e depois é jogado em um buraco com dezenas de cobras venenosas. Em vídeos dos bastidores da série, foi revelado que o ator Travis Fimmel estava extremamente emocionado no momento, mas não quis parar a cena - como os demais presentes aconselhavam - para aproveitar a emoção do momento em sua atuação.

Essa emoção é perceptível nas últimas palavras de Ragnar, que começa a falar sobre Valhalla, dizendo que vai esperar o momento em que reencontrará seus filhos.

1. A alucinação de Ragnar

A caminho da guerra contra Rollo, na Frância, Ragnar passa em frente ao que um dia foi sua fazenda e tem uma alucinação que mexeu muito com as emoções do fãs da série. Após vários episódios de tanto sofrimento, o viking tem uma visão de sua família, feliz como um dia foi.

Do barco, Ragnar vê Lagertha ao lado de Gyda, filha do casal que morreu ainda jovem por uma doença. Um Björn ainda jovem também aparece. Para completar a cena, Ragnar também vê Athelstan.

Neste momento, o viking parece estar avaliando tudo que perdeu por causa de sua ambição de explorar o mundo.

E aí, concorda com a gente ou teria outros momentos de Ragnar para destacar?

A 6ª e última temporada de Vikings está sendo exibida.

FIQUE POR DENTRO

As 16 melhores séries da Netflix para ver em 2019!

Tudo sobre The Witcher, a nova série da Netflix!

Guia completo das temporadas de The Walking Dead!