O Superman é, sem dúvida, o super-herói mais popular de sempre dos quadrinhos. Ele é famoso particularmente por seus valores de bondade e justiça e por seus poderes que o tornam virtualmente invencível.

Apesar disso, sabemos que Kal-El tem fraquezas. Algumas, como a kryptonita ou os raios de sol vermelho, são bem nossas conhecidas. Mas será que existem outras vulnerabilidades mais íntimas escondidas por baixo de sua capa vermelha?

O que sempre soubemos

fraquezas

Embora considerado quase impossível de vencer, os inimigos do Superman encontraram formas de o enfraquecer. Para além da popular kryptonita, os cristais radioativos de seu planeta-mãe, ele é vulnerável também a magia, uma vez que esses poderes eram raros em Krypton.

Para além disso, assim como os raios de sol amarelo revitalizam seus poderes, ele fica enfraquecido com os raios de sol vermelho

Essas são as fraquezas mais conhecidas e mais óbvias de Kal-El, aquelas que são utilizadas por seus inimigos para ganhar vantagem em batalha:

  • Kriptonita
  • Radiação solar vermelha
  • Magia
  • Interação psicocinética
  • Chumbo
  • Ultrassons de alta frequência

Um garoto sozinho no universo

garoto

Enquanto olhamos para o Superman com admiração pela sua fortaleza, na verdade estamos perante um personagem que vive em angústia.

Para começar, Kal-El sofre porque é o último de sua raça. Sua família e planeta, Krypton, foram totalmente destruídos o que deu origem a uma vida de constante isolamento e alienação.

Embora tenha sido criado com carinho e responsabilidade pelos seus pais adotivos, Kal-El cresce se sentindo um pouco diferente dos outros garotos. Isso vai se tornando mais notório à medida que entra na adolescência.

Nesse momento, seu corpo kryptoniano já havia acumulado energia solar suficiente para ele começar a sentir suas habilidades sobre-humanas ganharem forma.

O fato de Kal-El ser um órfão de Krypton, faz com que ao crescer ele tenha dificuldades a entender essas mudanças que passam pelo seu corpo. Isso é normal em qualquer adolescente, mas neste caso as mudanças são tão profundas que o deixam cada vez mais isolado da comunidade terrestre.

Durante muitos anos, Kal-El lutou para esconder suas verdadeiras origens e para tentar se integrar. E enquanto ele assumiu a sua identidade terrestre de Clark Kent, aprendeu a sofrer emocionalmente como um humano. Graças a essas batalhas emocionais que travou na pele de Kent, ele se tornou perseverante, humilde e bondoso. Se assim não fosse, talvez o Superman se sentisse invencível o suficiente para cair na apatia e não deixar que sua ligação com a humanidade o controlasse.

O simbolismo da Kryptonita

kryptonita

A kryptonita é descrita como os fragmentos radioativos do planeta original de Superman. Ela é considerada como o seu calcanhar de Aquiles e sua popularidade cultural é tão grande que hoje em dia se tornou um sinônimo de fraqueza na consciência coletiva de nossa sociedade moderna.

Porém, não é a kryptonita em si que enfraquece o Superman, mas sim aquilo que os fragmentos representam.

O mineral representa a origem de Kal-El e como ela foi destruída e o medo que ele sente domina sua vida e a possibilidade de que os fragmentos, ou memórias de seu lar destruído e infância perdida, possam ressurgir. A kryptonita mostra que por trás de um ser invencível se encontra um homem fragilizado.

Um herói não dorme

superman

É verdade que, mais tarde, Kal-El finalmente assume sua verdadeira identidade de super-herói, mas isso não acabou com sua luta interna, na realidade veio a aumentar suas batalhas consigo próprio.

O Superman vive ouvindo as vozes dos humanos que necessitam de ajuda e é obrigado a viver constantemente com o fardo de não conseguir salvar todo mundo. Além disso, por vezes ele acaba cometendo erros, o que leva a que inocentes morram devido a suas ações.

Uma parte da sociedade se revolta quando ele escolhe salvar alguém em detrimento de outra pessoa. Ele começa a ser odiado por quem acha que ele não tem o direito de decidir quem vive e quem morre.

A fraqueza principal de Superman é mesmo essa. O sentimento de que é forçado a viver com essas pressões dia após dia, sem esperança de mudar, apenas porque nasceu um super-herói.