Dar a vida a uma pessoa é um superpoder por si só, mas, nos quadrinhos, algumas mães possuem muitas outras habilidades especiais. Descubra agora algumas dessas mulheres que não apenas mandam muito bem no combate contra as forças do mal, como também são incríveis como mães.

Hipólita, mãe de Mulher-Maravilha

Hipólita

Se Diana Prince é a Mulher-Maravilha que é, muito se deve ao exemplo de mulher incrível que sua mãe, Hipólita, sempre lhe passou. Como rainha de Themyscira e das amazonas, Hipólita pode parecer controladora e severa demais de vez em quando, principalmente com relação à sua filha. No entanto, ela sempre possui os melhores interesses de Diana em seu coração.

Desde de cedo, criou a filha para que ela se tornasse uma forte e sábia guerreira que pudesse tomar seu lugar ao trono quando fosse preciso. Porém, quando o mundo precisou de Diana, teve que aceitar que a filha faria mais e melhor sendo a Mulher-Maravilha.

Jessica Jones, mãe de Danielle

Jessicaaaaaaa

Jessica Jones já enfrentou vários desafios na sua vida: o trauma de Killgrave, alcoolismo, os seus diversos casos como investigadora particular, entre outros. Superou tudo isso com uma determinação incomparável. Contudo, após o nascimento de sua filha com Luke Cage, Jessica se tornou ainda mais destemida para superar os desafios.

Para garantir a segurança de Danielle, Jessica já foi capaz de se aliar à Tony Stark após a Guerra Civil, registrando-se como uma mutante superpoderosa. Abandonou a vida de super-heroína para poder se dedicar na criação de Danielle. Também foi obrigada a se esconder de seu marido, após Luke se tornar alvo de Norman Osborne. Por fim, contratou a Garota-Esquilo para ser a babá de Danielle. Isso que é se preocupar com proteção, contratar uma super-heroína que já derrotou Thanos para supervisionar sua filha!

Tornado Vermelho, mãe de Amelia e Huey

Abigail

Não, não é o Tornado Vermelho, o androide superpoderoso com poderes de criar rajadas de vento poderosíssimas. Estamos falando de Tornado Vermelho, Abigail "Ma" Hunkel, incrível cozinheira e dona de mercearia! Uma personagem criada ainda na Era de Ouro dos quadrinhos. A Tornado Vermelho não possui nenhum superpoder ou mesmo algum treinamento de combate oficial, apenas conta com sua coragem e senso de justiça para proteger seus filhos e sua vizinhança de bandidos.

Após Ma Hunkel defender sua mercearia de bandidos, os criminosos sequestram sua filha e um amigo dela. Como a polícia não encontrou nenhuma evidência que apontasse que a gangue local os mantinha preso, Ma Hunkel decidiu que resolveria com as próprias mãos. Pegou um suéter velho e um moletom, e costurou para si uma roupa de super-herói, para completar, colocou uma panela na cabeça. Não apenas resgatou as crianças como também ajudou a polícia a prender os gangsters.

Assim nasceu a Tornado Vermelho, heroína que manteve a sua cidade a salvo por vários anos até se aposentar, entrando para o programa de proteção à testemunha. É membra honorária da Sociedade da Justiça, e atualmente trabalha na sede da equipe como curadora do museu. Sua neta, a Ciclone, seguiu seus passos e também se tornou uma super-heroína.

Olhando toda a carreira de Tornado Vermelho, é impressionante ver sua coragem e disposição para salvar sua filha. Embora, ao mesmo tempo, é inegável a imprudência de enfrentar bandidos com apenas uma panela na cabeça. Vamos focar só na parte da coragem. 

Feiticeira Escarlate, mãe de Tommy e Billy

feiticeira

É sabido que os filhos gêmeos que Wanda Maximoff teve com o Visão eram construtos feitos a partir de seus poderes mágicos. Mas isso não faz dela menos mãe. Os dois são símbolos do quanto ela amava a relação que tinha com Visão, um androide, que não poderia ter filhos de modo natural.

Por causa de sua natureza mágica, os gêmeos foram absorvidos por Mefisto e deixaram de existir. A morte de seus filhos a deixou extremamente instável e foi um dos motivadores para Wanda alterar toda a realidade, criando um novo mundo onde mutantes eram a maioria da população e seus filhos ainda estavam vivos. Amor de mãe é isso, a capacidade de mudar o mundo inteiro pelos filhos.

Mulher-Aranha, mãe de Gerry

Aranha

Jessica Drew, teve uma gravidez incomum se comparada a outras mulheres. Até os últimos meses, a super-heroína continuou na ativa, combatendo o crime de barrigão e tudo mais. Tanto que entrou em trabalho de parto durante um combate sozinha contra um exército de alienígenas Skrulls. Logo em seguida ao nascimento de seu filho Gerry, ela ainda voltou para terminar o combate contra os aliens.

A heroína pode ter agido de forma bastante imprudente durante a gravidez, mas se redimiu assim que seu filho nasceu. Jessica Drew percebeu que a vida de super-heroína era muito perigosa, agora que uma outra vida dependia totalmente de si. Aposentou-se como Mulher-Aranha e passou a se dedicar inteiramente a Gerry.

Mulher Invisível, mãe de Frank e Valeria

Invisível

Sue sempre agiu como uma espécie de figura materna para os outros membros do Quarteto Fantástico, mas foi apenas depois de seu casamento com o Sr. Fantástico que ela realmente se tornou uma mãe. Teve dois filhos, o poderoso mutante com poderes de manipulação da realidade, Frank (imagina o trabalho deve ser dizer não para esse garoto), e a superinteligente, Valeria (mais uma criança problemática). Além do trabalho que filhos poderosos dá, Sue precisa lidar com a constante ausência de seu marido viciado em trabalho.

Como seus dois filhos possuem poderes, Sue permite que os dois a acompanhem em suas aventuras com o Quarteto. O que é relativamente seguro, uma vez que possui o poder de criar escudos de força, o poder perfeito para uma mãe protetora. Sue nunca deixou de ser uma super-heroína e aventureira por causa da maternidade, mas em momento algum cuidar de seus filhos deixou de ser sua prioridade. Uma verdadeira supermãe.

Agora que você conhece quem são as maiores super-heroínas mães dos quadrinhos, sinta-se aliviado por não ser um construto de magia e por sua avó não combater o crime com uma panela na cabeça.