Marvel terá mais filmes protagonizados por mulheres, diz Kevin Feige

Se tem uma frase que se encaixa bem com os planos para o Universo Cinematográfico Marvel é "O futuro é feminino". Confirmando isso, o presidente do Marvel Studios, Kevin Feige, revelou em entrevista que os estúdios já têm planos de anunciar novos filmes protagonizados por mulheres.

Em 2018, o MCU já contou com Homem-Formiga e a Vespa marcando como o primeiro filme Marvel com uma heroína no título. Além disso, o filme solo da Viúva Negra já está sendo produzido sob o comando da diretora Cate Shortland. Em 2019, a Capitã Marvel chega como a primeira mulher a protagonizar um filme dos estúdios. Mas, pelo visto, eles não querem parar por aí.

Tempo de mudanças

Capitã Marvel

Em entrevista à próxima edição da revista Entertainment Weekly, Feige comentou que está ansioso por um momento em que filmes de super-heróis protagonizados por mulheres serão vistos de forma normal.

"Com Homem-Formiga e A Vespa e agora com Capitã Marvel e muitos filmes a serem anunciados no futuro próximo, estou ansioso pelo tempo em que não será uma novidade que haja um filme de super-herói liderado por mulheres, mas sim uma norma. E é menos uma história de 'Oh, olha, uma heroína' e mais uma história de 'Oh, do que se trata?', 'Quem é esse personagem?', 'Estou animado para ver isso.'. E acho que podemos chegar lá."

Com um universo cinematográfico já tão rico de boas personagens femininas, o presidente foi questionado ainda sobre o motivo para apenas agora as heroínas ganharem destaque.

"Eu acho que existem várias razões. Uma delas era lutar contra a noção errônea de que o público não queria ver um filme de herói liderado por mulheres por causa de uma série de filmes de 15 anos atrás que não funcionaram. E minha crença sempre foi de que eles não funcionavam não porque eram histórias lideradas por mulheres - eles não funcionavam porque não eram particularmente bons filmes."

Feige ainda comentou o sucesso de Mulher-Maravilha como algo a ser comemorado, citando mais uma vez uma mudança que deve levar a um momento no qual as perguntas sobre filmes liderados por mulheres serão feitas de outra forma.

"Eu sempre disse, eu torço por filmes de todos os gêneros, porque o sucesso desses filmes nos ajuda. Nem todo mundo sabe a diferença entre o estúdio que faz o filme ou qual empresa de quadrinhos de onde o personagem vem. Então fico muito feliz quando qualquer filme do nosso gênero vai bem - não apenas super-heróis, mas ação ou ficção científica ou qualquer outra coisa. O sucesso da Mulher-Maravilha me deixou muito feliz porque, como eu disse antes na imprensa, eu prefiro que a pergunta seja 'Oh meu Deus, o que você achou daquele filme de herói de sucesso liderado por mulheres que saiu há alguns anos?', em vez da pergunta que eu costumava receber, que era 'Você tem medo de que as pessoas não queiram ver uma heroína?'"

Capitã Marvel estreia no dia 8 de março (7 de março no Brasil).