Irmãos Russo falam sobre introdução de personagem gay na UCM

Pois é galera, chegamos ao final de uma saga de 11 anos criada pela Marvel Studios. O plano ambicioso que ninguém sabia se daria certo e acabou se tornando um sucesso mundial. Agora que Vingadores: Ultimato estreou oficialmente, o assunto das próximas fases é algo que os fãs já começam a se perguntar.

Os diretores do longa, Joe e Anthony Russo, resolveram falar sobre a introdução de um personagem em questão voltado para a inclusão e diversidade do Universo Cinematográfico da Marvel.

ATENÇÃO: esta matéria contém um pequeno spoiler de Vingadores: Ultimato.

Irmãos Russo

Em um determinado momento do longa, é mostrada uma cena em que Steve Rogers, o Capitão América, está em um grupo de apoio com alguns dos sobreviventes do estalar de dedos.

Um dos personagens que está falando é interpretado por Joe Russo. Enquanto ele dialoga com Rogers sobre seu primeiro encontro após o estalar de dedos, podemos perceber por sua fala que ele é gay.

Pode ter sido uma pequena participação de um dos diretores no longa, mas para os irmãos, isso tem uma grande importância por mostrar que o UCM pode ser mais inclusivo.

A representação é realmente importante. Era importante para nós que fizemos quatro desses filmes, queríamos um personagem gay em algum lugar neles. Sentimos que era importante que um de nós representasse, para garantir a integridade e mostrar que é tão importante para os cineastas que um de nós esteja representando isso. É um momento perfeito, porque uma das coisas que é convincente sobre o Universo Marvel avançar é o seu foco na diversidade.

O personagem não era nenhum super-herói ou importante para o decorrer da história apresentada em Vingadores: Ultimato. Mas na visão dos diretores, mostrar a vida normal de pessoas comuns também era significativo naquele momento.

O fato do personagem ser gay vai chamar a atenção, mas não é onde a cena começou. Quando você tem um ponto de história que inclui matar metade do universo, você está contando uma história maior que Os Vingadores. Então essa cena foi importante para nós em contar a história do mundo maior. Queríamos ter uma voz que falava sobre a experiência das pessoas além dos Vingadores. É por isso que sentimos que precisávamos disso no filme. Caso contrário, se tornou hermético e insular demais. Aquele personagem que Joe está interpretando veio desse ponto de vista: um homem comum que sofreu com o ato de Thanos.

Pode ser que a Marvel comece sua fase mais inclusiva a partir de agora, com novas histórias, novos heróis e novos arcos. E poderemos ver o personagem em Os Eternos, já que é um dos maiores rumores acerca desse novo longa.

Você já assistiu Vingadores: Ultimato? O que você achou? Conta pra gente!

Vingadores: Ultimato estreou hoje, dia 25 de abril, e está em exibição em todos os cinemas.

FIQUE LIGADO:

Vingadores: Ultimato | Quais foram as dúvidas que o filme deixou? Confira!

Vingadores: Ultimato | O que vem depois do filme no MCU?

CRÍTICA Vingadores: Ultimato | O carinhoso final de uma aventura de 10 anos

Vingadores: Ultimato | Quem morreu? Alguém voltou? Saiba aqui!