A origem do filme de Warcraft e o que você vai assistir no cinema

A saga de Warcraft está quase estreando nos cinemas mundiais e a expetativa é grande! Ele vai ter que enfrentar a “maldição” de filmes baseados em games. Será que esse épico glorioso vai vencer essa longa história trágica?

O reino de Azeroth

O filme Warcraft: O Primeiro Encontro Entre Dois Mundos se baseia em Warcraft: Orcs and Humans, o primeiro jogo da franquia de sucesso da Blizzard Entertainment. O game foi lançado em 1994 e foi um dos primeiros jogos de estratégia em tempo real, gerando enorme sucesso entre a crítica na época.

Orcs and Humans era centrado em duas raças: os Humanos do reino de Azeroth e os Orcs invasores da Horda. O jogador podia escolher um lado e a batalha por Azeroth era contada de acordo com sua escolha, evoluindo através de 12 cenários apresentados na tela.

captura de tela do game Warcraft: Orcs and Humans

A trama do game conta como os Orcs do mundo de Draenor foram corrompidos pela Legião Ardente para formar a Horda. Os Orcs se transformaram em sanguinários, massacrando todas as raças de seu planeta e procurando causar mais destruição. O líder Gul’dan abriu um portal para Azeroth com a ajuda do humano traidor Medivh (ele tinha sido corrompido pelo demoníaco lorde Sargeras). Os Orcs tomaram o reino, obrigando os Humanos a fugirem para Lordaeron para se juntarem ao Rei Terenas de Lordaeron, aos anões de Khaz Modan e aos elfos de Quel’Thalas.

O enredo do filme de Warcraft parte dessa história do game e tem como palco principal Azeroth. Quando o Portal Negro conecta os mundos dos Orcs com o dos Humanos, a destruição se espalha pelo reino. Anduin Lothar (interpretado por Travis Fimmel), líder dos Humanos e Durotan (vivido por Toby Kebbel), líder dos Orcs são os protagonistas dessa guerra entre dois mundos.

Lothar, personagem interpretado por Travis Fimmel

O game original não era tão dedicado a contar uma boa história, seu enfoque era mais no divertimento como é próprio do gênero de estratégia em tempo real. Esse é um fato importante de lembrar, pois a Blizzard expandiu suas histórias ao longo dos anos, transformando o joguinho em algo gigantesco mundialmente.

Agora com o lançamento do filme, a Blizzard anunciou para seus fãs que, tal como o Universo Cinematográfico da Marvel não é 100% fiel às HQs, você pode esperar uma história diferente daquela que o jogador viveu em seu computador. Os principais arcos narrativos estarão presentes, com algumas alterações e adaptados para as telonas, já que aquilo que faz um bom game nem sempre se transforma num bom filme.

Duncan Jones, o diretor, disse que a trama não seria uma história convencional de “bons contra malvados” ou de “nós contra eles”, mas que o filme irá mostrar as diferentes facetas de Humanos e Orcs, suas motivações e identidade própria.

Orcs

Na PAX East 2016 (convenção norte-americana dedicada a games), Duncan Jones afirmou também que Warcraft: O Primeiro Encontro Entre Dois Mundos irá introduzir a ideia de heróis nas duas fações, duas perspetivas diferentes de um conflito e uma guerra que é inevitável.

Nesse primeiro filme daquela que se acredita ser uma longa franquia no cinema, o público poderá esperar que grande parte seja dedicada à introdução e explicação de personagens, locais e história desses mundos novos. Esta abordagem irá permitir que mesmo quem nunca tenha jogado Warcraft possa descobrir facilmente esse universo e, quem sabe, virar fã!

O jogador aerial51zd fez um trabalho impressionante na comparação entre capturas de tela do game World of Warcraft e cenários do primeiro trailer do filme. É possível ver como o universo do game parece ter sido fielmente adaptado, fazendo com que os fãs fiquem ainda mais loucos por assistir ao filme!

Confere:

comparação game e filme

O filme vai ser lançado no Brasil no dia 9 de junho.

Reveja o primeiro trailer: