Crítica MIB: Homens de Preto Internacional | Nada salva este filme!

MIB: Homens de Preto Internacional é o quarto filme da franquia e prometia funcionar como uma espécie de renovação para todo o universo Homens de Preto, com novos personagens principais interpretados pelos atores Chris Hemsworth e Tessa Thompson.

A dupla de atores, que se reuniu novamente depois do sucesso que foi Thor: Ragnarok, ficou com a responsabilidade de substituir os icônicos Tommy L. Jones e Will Smith.

Resultou? Bem, não... Mas não foi por causa das performances de Hemsworth e Thompson que o filme ficou muito aquém das expectativas. Na realidade, podemos dizer que os dois atores foram o único ponto positivo de todo o filme.

Nem Chris e Tessa salvam o filme

MIB- Homens de Preto Internacional

Com Chris Hemsworth e Tessa Thompson como as novas caras da franquia, o filme MIB: Homens de Preto Internacional prometia fazer a alegria dos fãs.

E podemos dizer que Chris e Tessa estão muito bem durante todo o filme. Ambos estiveram bem nos seus papéis, mostrando grande dinâmica e cumplicidade, resultado das suas parcerias passadas nos filmes Thor: Ragnarok e Vingadores: Ultimato.

Deixamos aqui ainda uma nota positiva para atriz Emma Thompson, que voltou a interpretar o papel de Agente O de uma forma bem interessante.

O roteiro é MUITO fraco

MIB- Homens de Preto Internacional

Nada na trama deste filme se salva, o humor não resulta, os vilões são desinteressantes e o espectador fica com a sensação de que esta vendo o filme, mas sem saber muito bem qual o motivo para fazer isso.

Basicamente, não existe uma peça durante todo o filme que emocione a audiência, que deixe o espectador colado à telona esperando o que vai acontecer a seguir.

Estamos perante um filme completamente desinspirado. Se a saga MIB ficou conhecida pelo seu humor, MIB: Homens de Preto Internacional apenas tenta fazer isso, mas falha redondamente, deixando o espectador sem esboçar um sorriso durante todo o filme.

Que vilões são esses?

MIB- Homens de Preto Internacional

Não dá para não falar dos vilões. Chegamos a um momento em que pensávamos que Hollywood já tinha percebido que criar vilões completamente feitos de efeitos especiais já não resulta para o público atual, que deseja que os antagonistas dos filmes sejam inteligentes e tenham fortes motivações. Mas pelo visto, não foi o pensamento para este filme.

Em MIB: Homens de Preto Internacional, os vilões são aborrecidos, com motivações completamente básicas e os seus diálogos são praticamente inexistentes durante todo o longa.

Chegamos mesmo a pensar que qualquer outra coisa no lugar dos vilões que MIB: Homens de Preto Internacional apresenta poderia funcionar muito melhor.

Onde está a revitalização da franquia?

MIB- Homens de Preto Internacional

Quando o filme MIB: Homens de Preto Internacional foi anunciado, os fãs (e todo mundo) ficaram pensando que esta seria uma forma de revitalizar a franquia, mudando tudo, de elenco a diretor.

Mas, no final de MIB: Homens de Preto Internacional, ficamos com a sensação de que nada disso aconteceu. Basicamente, este é apenas mais um filme da franquia tentando imitar os elementos de todos os outros.

O principal problema de MIB: Homens de Preto Internacional é que, apesar de tentar reproduzir todos os elementos dos filmes MIB clássicos, ele falha redondamente, não sendo capaz de fazer nada bem. Tudo é clichê, tudo é desprovido de qualquer paixão. Para fazer uma coisa sem graça nenhuma, provavelmente mais valia não ter feito nada.

O pior filme da franquia

MIB- Homens de Preto Internacional

MIB: Homens de Preto Internacional é, sem dúvida nenhuma, o filme mais fraco de toda a franquia. Não há nada de positivo para além das interpretações de Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que, mesmo assim, são comprometidas por um roteiro muito fraco.

Mas este não é apenas um filme fraco, é uma espécie de alarme para toda uma indústria que parece estar fazendo sequências de filmes apenas para ganhar dinheiro, não estando minimamente preocupada com o resultado final que apresenta aos fãs dessas franquias.

Por mais que você ame MIB, terá que concordar que estamos perante um desastre cinematográfico sem qualquer tipo de salvação. Uma experiência a não repetir!

E você, assistiu a MIB: Homens de Preto Internacional? O que achou do filme? Amou? Odiou? Nos conte tudo nos comentários!