Crítica Jumanji 3 | Filme garante boas risadas durante a sessão

Na década de 90, o público se deparou com uma história surreal de um tabuleiro mágico e que acabava transportando um jogo para o mundo real. Hoje, essa história mudou e os personagens é quem vão parar no jogo em uma nova versão de Jumanji.

Como essa história maluca e divertida funcionou, a sequência está aí para provar que essa foi uma ideia genial. E Jumanji: Próxima Fase consegue seguir na mesma linha de seu antecessor e traz uma trama animada, que fará você dar altas gargalhadas na cadeira.

ATENÇÃO: A crítica conta com spoilers leves de Jumanji: Próxima Fase.

Um pouco da história!

Jumanji: Próxima Fase

Começamos com os conhecidos rostos de Jumanji: Bem-Vindo a Selva, cada um vivendo a sua vida. Agora os amigos estão dividindo seu tempo com a faculdade e trabalhos voluntários, mas nem todos estão felizes com isso. Spencer está chateado com diversas coisas em sua vida e por isso decidiu dar um tempo em seu namoro com Martha.

Depois de retornar para a sua casa durante as férias de fim de ano, mesmo sabendo dos riscos e tudo mais, ele decide religar o antigo jogo de Jumanji. É quando seus amigos se dão conta de que Spencer não compareceu ao encontro que eles haviam marcado.

E ao irem para casa da família do amigo, Martha, Bethany e Fridge se dão conta de que o garoto retornou ao universo de Jumanji. Entretanto, ele está com um bug por conta das pancadas e Spencer precisa ser resgatado, já que tudo está diferente no jogo.

A história funciona muito bem

Jumanji: Próxima Fase

Jumanji: Próxima Fase consegue cumprir muito bem seu papel, tanto como sequência quanto diversão pura. Com uma história divertida e instigante, o filme segue seu rumo, sempre voltado para o humor . O elenco ajuda bastante e quem se divertiu no primeiro longa, com certeza irá aproveitar bastante o novo Jumanji.

Com um timing perfeito, as piadas acabam acrescentando bastante no filme, o que traz um peso maior de comédia para a trama. São piadas que são bem encaixadas e que deixam tudo mais divertido, além de contar com atores que são bastante conhecidos por seu humor.

Além das piadas, o filme ainda tem momentos únicos de ação que tirar o fôlego. Principalmente quando Ruby Roundhouse (Karen Gillan) faz isso, com maestria. Mouse (Kevin Hart) conseguiu capturar bem a essência de Milo (Donald Glover), o que faz com que quando ele se torna o senhor de idade, isso seja muito bem retratado.

CGI deixa um pouco a desejar

Jumanji: Próxima Fase

Mesmo com tantos pontos positivos encontrados em Jumanji: A Próxima Fase, existe algumas cenas com CGI que são horríveis de se ver. É bem notável que os personagens foram feitos no computador e as transições para a realidade são bem perceptíveis.

Em uma das cenas do início, em que eles estão andando no deserto, a câmera aérea é um porco CGI. Dá para notar que o andar dos personagens é falso, além de que um deles está claramente desengonçado, o que traz a impressão de estar vendo uma estranha realidade criada no computador.

Outro ponto é que eles desfocaram as cenas em CGI para tentar disfarçar o uso de computação gráfica. Entretanto, isso não funciona e só piora a situação da fraca computação gráfica que entrega estranheza ao público.

Jumanji: Próxima Fase é perfeito na medida certa

Jumanji: Próxima Fase

Apesar dessas falhas e com um final até que previsível, Jumanji: A Próxima Fase é um filme maravilhoso que vai fazer você rir bastante.

Com cenas repletas de diversão, cenas de lutas cômicas e que funcionam bem, o longa vai fazer você gargalhar e querer muito mais desse maluco universo.

Ah é uma dica: não saia da sala assim que o filme terminar. O filme tem uma cena pós-crédito que vai deixar muito fã alucinado. Então fique até o final!

Jumanji: Próxima Fase chega aos cinemas amanhã, dia 16 de janeiro, em todos os cinemas do Brasil.

FIQUE LIGADO: