Saiba o essencial sobre Adam Strange, o personagem Sci-Fi da DC Comics!

Criado pelo roteirista Gardner Fox e pelo ilustrador Mike Sekowsky, Adam Strange foi visto pela primeira vez pelos leitores da DC Comics em 1958.

Adam Strange foi introduzido numa série de quadrinhos chamada 'Showcase' que a DC Comics utilizava durante os anos 50 e 60 para testar alguns conceitos. Basicamente estas HQs serviam para perceber se determinados novos personagens faziam sucesso entre os fãs. Um dos mais populares a sair dessa série de quadrinhos foi o Flash da Era de Prata, Barry Allen.

A estreia de Adam Strange foi no número 17 da 'Showcase' e a sua história só terminou no número 19. Depois deste experimento, o personagem foi ignorado pela editora norte-americana até ao final dos anos 60. Foi aí que a DC Comics decidiu utilizar de novo o personagem, se focando mais num estilo Sci-Fi para contar as suas histórias.

Uma viagem interestelar

adam strange

A história de Adam Strange começa no momento em que ele é teletransportado misteriosamente do planeta Terra para o planeta Rann. Mais tarde ele acaba descobrindo que fez essa viagem interestelar graças a um dispositivo chamado Canhão Zeta.

Foi em Rann que ele encontrou pela primeira fez o seu icônico uniforme e capacete, tendo depois iniciado uma carreira de super-herói nesse misterioso planeta.

Mais tarde é descoberto que foi um cientista de Rann que desenvolveu o Canhão Zeta. No entanto, esse cientista que tinha o nome de Sardath, apenas pretendia se comunicar com o planeta Terra e não teletransportar ninguém. Foi também revelado que os efeitos que o dispositivo teve em Adam Strange eram temporários e que ele acabaria por voltar ao planeta Terra.

Herói sempre na sombra

adam strange

Adam Strange nunca foi imensamente popular entre os leitores da DC Comics. Apesar de ter feito parte de mais de 600 HQs, ele nunca conseguiu virar protagonista, servindo quase sempre de personagem secundário.

Mesmo quando teve direito a uma série de quadrinhos em nome próprio em meados dos anos 60, o seu personagem nunca foi muito desenvolvido, pois naquela época a forma como as HQs eram redigidas era bem diferente.

Apesar do seu personagem ter momentaneamente evoluído, ganhando um interesse romântico chamado Alanna, ele voltou rapidamente para um papel secundário.

Mais tarde, em diversas HQs ele era retratado como um super-herói muito experiente, tendo colaborado com a Liga da Justiça ou com outros personagens como o Gavião Negro e o Monstro do Pântano.

Um personagem diferente de todos os outros

adam strange

A forma como a história de Adam Strange foi contada faz dele um personagem diferente de todos os outros. Isso pode ser visto como algo positivo, ou então como algo bem negativo! Se você for fã de uma história diferente em cada HQ então este super-herói é perfeito.

Mas, se você for fã de continuidade e de ver elementos em comum em diferentes histórias, então Adam Strange não é o cara certo para você.

Aliás, as únicas peças de continuidade e desenvolvimento do personagem em toda a história de Adam Strange são, como já referimos, o seu interesse romântico Alanna e a sua filha Aleea.

Ele é basicamente um cosmonauta com esteroides

adam strange

Ao contrário de muitos super-heróis da DC Comics, Adam Strange não tem qualquer superpoder. Basicamente o que o torna diferente de um humano normal é o seu uniforme espacial que lhe permite sobreviver no espaço.

Além de possuir um traje super resistente ele tem uma arma laser meio básica, mas que usa com muita regularidade. Contudo ele é um excelente lutador e tem conhecimentos científicos bastante avançados.

Curiosamente, durante um arco dos quadrinhos Adam Strange ficou cego, no entanto ele recuperou a visão depois de Sardath ter clonado os olhos da filha de Adam, Aleea. Sem que ninguém estivesse à espera ele adquiriu visão raio-x, conseguindo agora ver para além do espectro eletromagnético.

Recentemente Adam Strange foi introduzido na série Krypton, veremos qual o rumo que o personagem vai seguir neste recente projeto da DC Comics!