Shiryu de Dragão: o essencial sobre o mais sábio protetor de Atena

O dever dos cavaleiros de bronze é defender a deusa Atena, e poucos são mais dedicados a essa tarefa do que Shiryu. Um jovem guerreiro de 14 anos, com longos cabelos negros e uma tendência a ficar cego e sem camisa.

Conheça mais sobre um dos mais populares cavaleiros dos zodíaco de todos os tempos.

Um cavaleiro sábio

Shiryu

Shiryu é o cavaleiro de bronze da constelação de dragão. Entre os protetores da deusa Atena, ele é o de temperamento mais calmo e de atitude comedida, é sério e reservado. É extremamente honrado e leal aos seus companheiros, disposto a sacrificar sua vida se isso for garantir a segurança de Atena e seus amigos. Por conta de todos esses traços de personalidade, Shiryu é considerado o mais sábio do quinteto principal de cavaleiros de bronze.

Treinamento na China

treinamento

Entre os cem órfãos adotados pela Fundação Graad e enviados para diferentes cantos do mundo para treinar e se tornar cavaleiros de bronze estava Shiryu. O garoto foi enviado para os Cinco Picos Antigos de Rozan, na China, onde treinou com o Mestre Ancião, um veterano cavaleiro de ouro chamado Dohko. O treinamento de Shiryu somente acabaria quando ele conseguisse fazer uma cachoeira correr ao contrário.

Foi nessa época que Shiryu conheceu Shunrei, uma garota da região que trabalhava para o Mestre Ancião. Desde a primeira vez que ela viu Shiryu, ficou perdidamente apaixonada pelo rapaz. Felizmente para os dois, os sentimentos de Shunrei eram correspondidos por Shiryu.

Por seis anos, Shiryu treinou com Mestre Ancião. Entre os muitos ensinamentos do mestre, aprendeu que deveria se tornar forte, mas que a próxima geração, a que ele treinará, deverá ser ainda mais forte e superá-lo. Por fim, Shiryu dominou a técnica da Cólera do Dragão de seu mestre e com ela conseguiu mudar o curso da cachoeira. Descobriu assim a armadura de dragão, que estava o tempo todo escondida sob as águas da cachoeira.

Armadura de bronze

armadura

As armaduras de bronze são consideradas inferiores às armaduras de prata e ouro, mas mesmo assim são equipamentos extremamente poderosos. No caso da armadura de dragão, ela possui uma peculiaridade: é acompanhada de um escudo, considerado o mais resistente entre todas as armaduras. Apenas cavaleiros extremamente poderosos se mostraram capazes de danificar esse escudo.

Assim como o escudo, o punho direito da armadura (a cabeça do dragão, quando montada) também é considerado o mais forte entre todas as armaduras. Isso faz com que o golpe Cólera do Dragão seja ainda mais poderoso que normalmente é.

Armadura de ouro

libra

Além da armadura de dragão, Shiryu já vestiu também a armadura de seu mestre Dohko, a armadura de ouro de libra. O momento mais memorável em que a utilizou foi no combate contra  Poseidon, quando também Seiya e Hyoga usavam armaduras de ouro.

Shiryu, quando eleva seu cosmo, uma tatuagem de dragão aparece em suas costas. O mesmo acontece com Dohko, embora sua tatuagem seja de um tigre. Segundo o próprio Shiryu, isso é uma característica comum a pessoas que estão predestinadas à armadura de libra.

Determinado a vencer

determinação

Como foi dito anteriormente, Shiryu é extremamente comprometido com a causa de defender Atena, e não se importa de se sacrificar em sua determinação para vencer um inimigo. Tanto é que Shiryu já se cegou uma vez apenas para que pudesse vencer um inimigo. Contudo, Shiryu possui um hábito que tira muitos fãs de Cavaleiros do Zodíaco do sério, seu costume de tirar a armadura para lutar. Shiryu muitas vezes se sente dependente da armadura, o que faz com que se desprenda dela para elevar seu potencial (que lógica é essa?!).

Técnicas especiais

tecnicas

Em seu treinamento, Shiryu aprendeu a manipular seu cosmo, aplicando-o em vários golpes poderosíssimos. A seguir estão as principais técnicas que utiliza durante as suas lutas. 

Cólera do Dragão

colera

Seu golpe assinatura. Trata-se de um soco que emana uma poderosíssima rajada de cosmo que, ao acertar, lança o inimigo pelos ares. Contudo, este golpe possui um ponto fraco. Ao executá-lo, por uma fração de segundo, Shiryu fica vulnerável a um ataque direto no seu coração.

Dragão Voador

voador

Essa técnica possui bastante semelhança com a Cólera o Dragão. Com o Dragão Voador, Shiryu se lança para cima dos oponentes, envolto em uma aura na forma de dragão. Esta técnica não possui nenhum ponto fraco, porém não é tão poderosa quanto o Cólera do Dragão.

Último Dragão

ultimo

Este é o golpe que Shiryu foi proibido de usar pelo Mestre Ancião. Proibido, pois é um golpe suicida. Com este golpe, Shiryu imobiliza o adversário e juntos começam a se erguer, rumo ao céu, onde ambos irão ser pulverizados na atmosfera. Utilizou essa técnica como último recurso para derrotar Shura, o Cavaleiro de Ouro de Capricórnio.

Excalibur

excalibur

Shura de Capricórnio percebeu que havia sido derrotado pelo Último Dragão, mas não deixou que Shiryu tivesse o mesmo destino. Para salvá-lo, envolveu o cavaleiro de bronze em sua armadura de ouro e, além disso, conferiu a ele o seu mais poderoso golpe, a Excalibur. Com esse golpe, Shiryu é capaz de concentrar uma quantidade mortal de cosmo no braço direito, que passa a se comportar como uma afiada espada, capaz de cortar qualquer coisa.

Cólera dos cem dragões

Cólera dos 100 dragões

É o golpe mais poderoso de Shiryu, tanto que o cavaleiro precisa alcançar o máximo do seu cosmo para poder utilizá-lo. Neste golpe, Shiryu simplesmente estende os dois braços e bombardeia o inimigo com múltiplas rajadas na forma da fúria de cem dragões.