O Predador: Críticas elogiam ação, mas apontam filme fraco

Após a premiere de O Predador no Toronto Film Festival, nesta semana, as primeiras críticas do filme já foram liberadas. E as coisas estão divididas, mas pendem para uma opinião mais negativa sobre o longa.

Embora ainda destaquem as cenas cômicas e alguns elementos que remetem ao filme original de 1987 como algo bom, a maior parte dos críticos aponta um filme fraco e que, com certeza, não redime a franquia dos erros cometidos em Alien vs Predador e Predadores (como os fãs tinham a esperança de que Shane Black conseguiria fazer).

Tem suas qualidades, mas com muitos problemas

O Predador

IGN

O Predador é, em muitos aspectos, um retorno ao que tornou o original de 1987 tão amado: inclui muitos dos mesmos elementos, como a camaradagem barulhenta entre protagonistas absurdamente machões, um humor depravado e uma batalha primitiva entre homem e animal. É uma pena quando tudo se desfaz, na última meia hora, de forma aleatória e de má qualidade, desandando em grande parte o que começou como uma entrada promissora na franquia descontroladamente inconsistente. [6,5 / 10]

Digital Spy

O Predator é uma ação imperfeita, mas um elenco forte e um pouco de magia de Shane Black dão um brilho que tem faltado nas recentes tentativas de reviver os alienígenas assassinos. Não é Black no seu melhor, mas é um divertido, desde que você não pense muito sobre isso. [3/5]

Total Film

Os cães predadores parecidos com um leão adicionam alguma variedade, enquanto o elenco humano prova principalmente (ahem) o jogo (embora eu sinta pena do Alfie Allen, cuja principal contribuição é um truque de cartas). Os acenos inevitáveis ao filme de 1987 (e sequências de 1991) são muito discretos e tratados com atenção agradável, e há uma atitude maliciosamente desdenhosa em relação aos filmes AVP. Sim, este é superior àqueles, e aos três que se seguiram em 2010. Mas enquanto o filme de Black carrega um "O", o Predator original permanece de longe o artigo definido. [3/5]

Divertido, mas...

o predador

The Hollywood Reporter

Se as coisas tendem a se deixar levar durante um final muito barulhento, ainda há uma última cena hilária envolvendo os personagens de Key e Jane, enquanto um elemento de fechamento cria a possibilidade de uma sequência. Se o mundo realmente precisa de uma sequência, e se esse reboot era necessário, provavelmente é uma questão que vale a pena levantar, mas pelo menos a abordagem de Black sobre isso é de nunca levar muito a sério, ao mesmo tempo em que nos mantém devidamente entretidos.

Keith Loves Movies

A melhor parte do filme foram as atuações, especificamente a química entre todo o elenco. McKenna pode ter conseguido o foco, mas esta era uma peça do conjunto. O roteiro foi ótimo, mas não teria funcionado tão bem se não fosse por eles. Holbrook era um líder útil e atraente para assistir como McKenna. Munn como Bracket pode não ser convincente como um cientista, no entanto, isso foi fácil de esquecer, já que esse lado dela desapareceu rapidamente. Tremblay roubou cenas como Rory. No geral, este foi um filme de ação divertido que às vezes tentava demais ser uma comédia. Ainda havia muitos momentos emocionantes e violentos por toda parte e o elenco e sua grande química mais do que compensavam isso. [8,5 / 10]

Slash Film

Os membros voam, os intestinos espirram e as cabeças rolam. Soa medonho, mas quase toda a violência é feita para obter risos. O Predator não é mais uma força assustadora e imparável. É uma piada. Também há muito fanservice - pelo menos duas linhas clássicas do Predator são reutilizadas aqui, para (principalmente) efeito divertido. Isso é um problema para a comédia? Os puristas (os puristas de Predador existem?) podem encontrar falhas. Alguns podem desejar que a franquia retorne às suas raízes sérias. Depois de sair do teatro para o mundo real, as falhas do Predator tornam-se cada vez mais aparentes. O enredo não faz sentido. Muitas das piadas são fracas. Há uma sequela sem sentido. Mas enquanto você assiste ao filme, é difícil não se envolver com toda a diversão. Black e todo o grupo estão se divertindo muito aqui, e é contagiante. [6,5 / 10]

Alguns acharam bem ruim...

O predador

Variety

Tudo é bobo, sem sentido, vívido e sem qualquer valor real de enraizamento. Os desajustados supostamente amáveis aqui não são, não importa como os membros do elenco fingem hilaridade em suas bocas sujas. Não que isso importe - porque nada importa nesse brinquedo caro que foi esse filme, que acaba funcionando no nível de uma bola de discoteca. É brilhante, se move e é acompanhado por muito barulho. Não há muito o que dizer sobre os atores, exceto que eles apareciam quando precisavam, e o resto do tempo (na verdade, muito), seus dublês fizeram o trabalho.

Den of Geek

Um grande erro, particularmente decepcionante, dado o pedigree de quem está por trás das câmeras. Poupe seu dinheiro. Compre um box do Predator, The Nice Guys, Kiss Kiss Bang Bang, The Last Boy Scout, The Long Kiss Goodnight, Lethal Weapon. Cada um deles vale o seu tempo em algum grau. O Predator, no entanto, não vale. [1/5]

O Predador estreia no dia 13 de setembro.