Joe Manganiello quase foi o novo Superman da DCEU!

Joe Manganiello pode ser atualmente o vilão Exterminador mas esse não era originalmente o seu papel. Após vários anos Henry Cavill ter aparecido no filme Homem de Aço como Superman, Manganiello confirma que ele quase encarnou o mítico super-herói.

Superman e lobisomem não combinam?

Joe Manganiello

Em entrevista ao podcast Happy Sad Confused, Joe Manganiello revelou que foi o seu compromisso com HBO que o impediu de agarrar a chance de ser Clark Kent. Na época, o ator interpretava o papel do lobisomem Alcide Herveux na série True Blood.

Ele contou como chegou até ao ponto de tirar as medidas para a fabricação do uniforme do Superman e como teve longas reuniões com todos os envolvidos, incluindo Zack Snyder:

“Eu conheci todo o mundo – todos os que estavam envolvidos – e aí finalmente tive uma reunião com Zack durante uma hora e meia e tive uma grande conversa sobre o personagem e o seu progresso, etc. Aí eles contactaram o departamento de vestuário de True Blood para as minhas medidas, para construir meu uniforme e foi isso que causou… foi nesse momento que isso parou.”

O ator acrescentou que seu agente fez de tudo para conseguir um acordo entre as duas partes mas sem sucesso. HBO não quis reagendar as filmagens e Manganiello teve de aceitar as condições impostas pelo canal.

Quando Henry Cavill ficou com o papel, Manganiello não conseguiu assistir ao filme. Só muito tempo depois é que ele ultrapassou essa mágoa, quando estava se recuperando de uma cirurgia nos bíceps depois de trabalhar em Magic Mike XXL.

A versão de Zack Snyder

Joe Manganiello e Henry Cavill

Em 2011, o diretor Zack Snyder revelou à MTV os motivos que levaram à escolha de Henry Cavill:

“[Joe Manganiello] era o outro cara em quem eu estava pensando, sinceramente, além do Henry. Mas, eu acho que Henry tem essa inocência também [em adição ao visual e físico necessários para o papel], ele tem ambos, o que é complicado. Superman precisa um pouquinho disso. Não que seja algo evidente, mas que esteja ligeiramente lá.”