James Gunn fala sobre demissão: 'Entendo e aceito as decisões feitas hoje'

A demissão de James Gunn da Disney e da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 pegou os fãs de surpresa nesta sexta. Devido ao conteúdo impróprio de tweets antigos do diretor, a Disney optou por demiti-lo.

Além da mensagem de desculpas que Gunn deixou em seu Twitter, antes de fechar sua conta, agora ele também deu uma nova declaração ao site Deadline.

Mais um pedido de desculpas

james gunn

Em uma rápida declaração ao site, James Gunn afirmou:

"Minhas palavras de mais de uma década atrás foram, na época, esforços fracassados e infelizes de ser provocativo. Eu me arrependo delas há algum tempo, não apenas porque foram estúpidas, nem um pouco engraçadas, totalmente insensíveis e certamente não provocativas como eu queria, mas também porque elas não refletem a pessoa que sou hoje ou tenho sido há algum tempo.

Independentemente de quanto tempo se passou, eu entendo e aceito as decisões feitas hoje. Até muito tempo depois, eu aceito a responsabilidade pelo jeito que me comportei. Tudo que eu posso fazer agora, além de oferecer o meu arrependimento sincero, é ser o melhor ser humano que posso ser, compreensivo, comprometido com a igualdade, e mais ponderador sobre minhas declarações e obrigações no discurso público. A todos dentro e fora da indústria, e outros, eu peço profundas desculpas. Amor a todos."

Gunn iria participar de um painel na San Diego Comic-Con hoje, durante o qual faria um anúncio misterioso. Sua participação, contudo, foi cancelada, conforme informou o Variety.