O Coringa é o principal arqui-inimigo do Batman, este personagem completamente insano é um dos vilões mais populares da atualidade. Apesar de ser um dos favoritos dos fãs de quadrinhos, a origem do Coringa está rodeada de muitos mistérios e detalhes que o fã comum do personagem desconhece.

Neste artigo vamos tentar desvendar alguns mistérios e revelar um pouco mais sobre a origem do Rei Palhaço do Crime!

A sua criação esteve rodeada de polêmica

coringa

Pois é, a princípio nem todo mundo foi com a cara deste personagem. Na realidade, a primeira vez que o seu autor, Jerry Robinson, apresentou as artes conceituais do Coringa elas acabaram sendo rejeitadas. Na época, os executivos da DC Comics achavam que não fazia sentido ter um vilão com cara de palhaço.

Mais tarde, no entanto, a ideia de Jerry Robinson foi aprovada e assim nasceu um dos personagens mais icônicos de todos os tempos!

Um dos personagens mais misteriosos dos quadrinhos

joker

O Coringa apareceu nos quadrinhos sem qualquer tipo de explicação ou história de origem. A sua estreia foi na HQ nº1 do Batman, sendo que o personagem foi apresentado apenas como um vilão.

Até hoje a DC Comics não oficializou qualquer história sobre o "nascimento" do Coringa, sendo todo o seu passado desconhecido e a identidade do homem por trás do sorriso de palhaço permanecendo um grande mistério.

A origem em "A Piada Mortal"

killing joke

Na HQ "A Piada Mortal", onde o Coringa é o principal personagem, houve a tentativa de dar uma história de origem ao Palhaço do Crime. Aqui, Coringa é retratado como um antigo funcionário de uma fábrica de químicos, que decidiu pedir demissão para seguir uma carreira como comediante.

A sua carreira foi um total fracasso, e para conseguir sustentar a sua esposa que estava grávida do primeiro filho, ele se juntou a um grupo de criminosos que pretendia assaltar a fábrica de químicos onde ele já tinha trabalhado.

Para não ser reconhecido durante o assalto, o ex-comediante se disfarça de Capuz Vermelho (outro famoso personagem da DC). Contudo, antes de proceder com o assalto, recebe a notícia de que a sua mulher tinha falecido, assim como o bebê que ainda estava por nascer.

Os criminosos, no entanto, conseguem o convencer a avançar com o golpe. Durante o assalto, as coisas não correm bem e o Batman aparece para capturar os criminosos. É neste momento que o futuro Coringa se atrapalha e acaba caindo num poço de químicos. O seu cabelo fica verde e a sua pele branca, como a de uma boneca de porcelana.

Sem conseguir lidar com tanto desgosto, ele tem um esgotamento nervoso e assim nasce o Coringa!

Apesar desta ser a história de origem mais popular, a DC Comics não a reconhece como a versão oficial da criação do personagem.

O cara é capaz de tudo!

coringa robin jason todd

O Coringa é um personagem polêmico e tudo porque a sua insanidade não tem limites. Ele é capaz de tudo e não precisa de qualquer motivo para isso!

Quatro dos acontecimentos mais populares envolvendo o Coringa estão ligados a quatro personagens bem populares da DC Comics. O Palhaço do Crime foi o responsável pela morte de Jason Todd, o segundo Robin, o assassinando de forma extremamente violenta.

Depois seguiram-se Sarah Essen Gordon (a segunda esposa do policial Jim Gordon) e Barbara Gordon (Batgirl), contudo esta última acabou por sobreviver ficando paraplégica, tendo assim que abandonar a sua carreira como Batgirl, transformando-se mais tarde na Oráculo. 

A sua insanidade culminou com o seu ataque ao Super-Homem. Após raptar Louis Lane, ele envenenou o Homem de Aço com uma mistura de Kriptonita e Gás do Medo do Espantalho. Clark começou a ter alucinações e quando olhou para Louis não a viu, mas sim o vilão Apocalipse. Isto fez com que o Superman acabasse assassinando Louis Lane de forma involuntária, algo que levou Clark à loucura.

Censurado? Mas é claro!

coringa heath ledger

Um personagem tão violento e imprevisível tinha que ter alguns problemas legais, não é mesmo? O Coringa deve ser um dos personagens que mais vezes foi censurado em toda a história. Durante os anos 50 e 60, a DC Comics teve que tornar o personagem bem menos violento após receber indicações por parte dos revisores.

Essa foi uma tendência que continuou durante os anos 70, sendo que o Coringa só voltou a ser fiel ao seu instinto violento somente na década de 80. Em 2015, o personagem voltou a ser motivo de polêmica após o lançamento desta capa que foi considerada extremamente chocante e perturbadora, acabando por ser censurada:

a piada mortal

A sua loucura é o seu principal poder!

coringa

Para além de ser extremamente resistente à dor e imune ao gás do riso, mais conhecido como "Veneno do Coringa", ele não tem qualquer tipo de superpoder. Contudo, o que o torna perigoso é a sua insanidade e a sua imprevisibilidade. O seu desequilíbrio mental faz com que não tenha medo de nada (tudo aos seus olhos é uma piada), tornando-o capaz de fazer tudo!

Enquanto que o Batman é um herói com um código moral elevado, o Coringa é o oposto extremo. A rivalidade de ambos é uma competição que tem como prêmio a alma de Gotham, o Coringa é exímio em colocar o Batman entre escolhas impossíveis e explora assim as suas fraquezas.

Mas qual é o efeito destas atitudes? Qual é o verdadeiro propósito do Coringa? Antes do Batman se cruzar com o Coringa, ele pensava que todos os criminosos eram iguais, que só procuravam grana e que existia uma sequência lógica para tudo.

Ao encontrar o Palhaço do Crime, ele percebe que não deve subestimar os seus inimigos e que o seu lado forte pode rapidamente se tornar o mais frágil. O Batman se torna cada vez mais sábio graças ao Coringa.

Depois do Coringa, o Batman percebe que ele tem a capacidade de fazer as escolhas que mais ninguém consegue fazer, ele se torna no Cavaleiro da Trevas, graças ao Coringa.

O Coringa não é um excelente vilão porque tem uma gargalhada icônica, ou pelo seu visual. Ele é excelente porque tem um efeito profundo na história e no protagonista, ele é o perfeito antagonista para o Cavaleiro das Trevas!