James Gunn vai dirigir reboot de Esquadrão Suicida

O cineasta James Gunn (Guardiões da Galáxia) vai dirigir o segundo filme de Esquadrão Suicida nos cinemas.

De acordo com o site The Holywood Reporter, a volta do grupo de anti-heróis para as telonas não será exatamente uma sequência do primeiro filme, mas uma espécie de relançamento da franquia nos cinemas.

Novos rumos após polêmicas

James Gunn

Gunn já vinha trabalhando no roteiro do novo longa desde que foi demitido da Marvel. O diretor, que era cotado para dirigir o Guardiões da Galáxia 3, perdeu o emprego após postagens antigas em seu Twitter consideradas ofensivas terem sido trazidos à tona por usuários da rede social. 

O pouco que se sabe sobre o novo filme é que não se trata de uma continuação de Esquadrão Suicida. Rumores apontam para uma renovação completa do elenco, com a possível inserção de novos personagens na trama.

É também esperada uma mudança no tom do filme. De acordo com a The Hollywood Reporter, fontes indicam que o projeto tem o humor de Gunn, bastante leve, nos moldes do que foi visto no trabalho que ele desempenhou em seus anos de Marvel.

O relançamento de Esquadrão Suicida ainda não tem título oficial e está previsto para agosto de 2021.