5 motivos por que a Magia foi a pior parte de Esquadrão Suicida

O filme Esquadrão Suicida dividiu os corações dos fãs da DC Comics. Enquanto uns adoraram o filme, outros odiaram a adaptação do famoso grupo de criminosos. Mas existiu unanimidade em relação a um detalhe: a Magia. A personagem interpretada por Cara Delevingne foi sem dúvida a pior parte do filme. Saiba os motivos!

1. Dancinha do ventre do demônio

magia

Sempre que a garota se movimentava durante o filme, ela fazia uma espécie de dança com o seu corpo, algo nada comum numa... bruxa. Aém de não ser fiel ao personagem das HQs, isso deixa ela bastante ridícula.

2. Qual o motivo para ela querer destruir a humanidade?

magia

Durante todo o filme, nunca foi explicado o motivo para Magia querer destruir toda a humanidade. Os roteiristas já deveriam saber que não basta inserir no filme o clichê de qualquer vilão, esse clichê deve estar baseado num motivo.

3. Dublagem do capeta

magia

Sempre qua a feiticeira abria a boca, a voz da atriz Cara Delevingne era substituída por uma voz super grave e carregada de efeitos. Mas esse nem é o problema, bastava que os lábios da atriz estivessem bem sincronizados com as falas, algos que não aconteceu.

4. A alteração do uniforme

magia uniforme

Quase todo mundo adorou o uniforme mais obscuro da Magia, mas no meio do filme esse traje é alterado para um mais... estranho? É que para uma feiticeira, ela mais parecia estar se preparando para madrinha de bateria do próximo Carnaval.

5. O babaca do irmão

magia irmão

Não bastava o irmão da Magia ser um personagem completamente aleatório, inteiramente criado através de efeitos especiais e sem qualquer tipo de capacidade cognitiva. A relação entre os dois não tinha profundidade nenhuma. Se lembra de alguma cena que explicasse ou fundamentasse a relação entre os dois?