Os 10 Pokémon mais estranhos de todos os tempos

Pokémon é uma das franquias de jogos mais famosas do mundo todo, e a cada novo jogo dá aos jogadores a chance de comandar uma equipe com várias criaturas com poderes incríveis que podem variar de raios elétricos e sopros de fogo a golpes psíquicos e socos de gelo. No entanto, entre todos os 809 pokémon já revelados, alguns não são tão incríveis quanto os outros, sendo até mesmo bizarros. Listamos aqui os 10 que achamos mais estranhos. Confira!

10. Dugtrio

Dugtrio

Uma das características mais marcantes dos Pokémon é a sua habilidade de evoluir. Geralmente isso resulta em uma mudança completa na criatura, ficando maior e mais poderosa. No entanto, alguns pokémon não seguem essa lógica ao evoluírem. É o caso de Diglet, que ao evoluir apenas ganha mais duas cabeças. Essa é uma crítica comum aos designs de certos pokémon, que simplesmente acrescentam mais cabeças ou para mostrar que evoluiu.

Porém não é só esse "design preguiçoso" que faz de Dugtrio um pokémon estranho. Tanto Dugtrio quanto o Diglet são pokémon misteriosos, sendo que ninguém nunca viu como é a parte de baixo de seus corpos. Isso gerou várias teorias entre fãs dos jogos, que costumam criar artes imaginando como eles seriam por completo. Isso já gerou versões bastante fiéis ao estilo do jogo, versões assustadoras e versões engraçadas. Como se isso não bastasse, o Dugtrio ganhou uma versão da região de Alola, onde esse pokémon possui longos e ondulantes cabelos loiros. Só fica cada vez mais bizarro!

9. Furret

Furret

Você deve estar se perguntando "Mas o que tem de estranho com esse bichinho tão fofo?", mas te garanto, o Furret é um dos pokémon mais bizarros que existe! À primeira vista ele pode parecer um pokémon bonitinho, peludo e pequenino... mas é aí que você se engana! De pequeno o Furret não tem nada! Esse bicho é gigantesco, com seus 1,8 metros de altura. Não é comprimento, é altura! A mesma altura que o Salamance e maior que um Charizard! Não sei vocês, mas eu ficaria extremamente assustado se eu visse um bicho colossal desses na minha frente.

8. Quilladin

Quilladin

A adolescência é um período difícil para todo mundo, inclusive para os pokémon. Quilladin é um perfeito exemplo disso. Ele é a segunda evolução do Chespin, o pokémon inicial do tipo planta da sexta geração. Quilladin parece um rato que engoliu uma melancia inteira e que tem a atitude de que comeria mais uma. Também apresenta a monocelha mais imponente da história dos pokémon.

Para sua sorte, o Quilladin evolui para Chesnaught, sua última forma, um incrível pokémon do tipo planta e lutador. Apesar de bem esquisito, ele é um lembrete para todos nós que o tempo só melhora as pessoas... e pokémon.

7. Barbaracle

Barbaracle

O fundo do mar é o lar de seres assustadores no nosso mundo, mas também no mundo de Pokémon. Na verdade, é lar de coisas muito mais assustadoras, como é o caso de Barbaracle. Esse pokémon é baseado em cracas marinhas que crescem em pedras, mas, no seu caso, na forma de mãos. Até sua cabeça é uma mão! Essa mistura de braços e olhos causa uma estranheza única. Jamais entraria no mar se soubesse que um bicho desses estivesse por perto, logo imaginaria umas dessas mãos me puxando para debaixo da água.

6. Malamar

Malamar

Só de bater o olho nesse bicho você já vê que é bizarro. Malamar é uma lula de cabeça para baixo, usando dois apêndices como pés e seus tentáculos como uma cabeleira despenteada. Mas não é só isso! Para ser um completo esquisitão você precisa ser estranho até na hora de evoluir. Sua primeira forma, Inkay, é uma inocente e bonitinha lula, mas quando chega ao nível 30 já está pronta para a bizarrice que é ser um Malamar. Para isso, o jogador simplesmente precisa colocar seu vídeo game de cabeça para baixo quando Inkay passar de nível. Nenhum outro pokémon evolui da mesma forma.

5. Jynx

Jynx

Jynx está aqui como representante suprema de uma categoria inteira de pokémon bizarros, os pokémon que parecem pessoas. Além de Jynx também podemos citar Mr. Mime, Gothitelle, Meloetta e Gardevoir, todos estranhos a sua maneira. Mas Jynx consegue ser a mais estranha, com seu olhar arregalado e longa cabeleira loira (provavelmente a inspiração do Dugtrio).

Se pensarmos bem, já parece errado prender animais em pequenas bolas, mas isso fica ainda mais perturbador quando se prende seres que se parecem com gente. Você não botaria uma coleira em uma pessoa só porque a única coisa que ela consegue falar é o próprio nome... Espera ai! Esse não é o caso do Hodor de Game of Thrones?!

4. Xurkitree

Xurkitree

Na sétima geração dos jogos Pokémon, fomos apresentados a um novo tipo de monstros, as Ultracriaturas, um grupo de pokémon de outra dimensão. Todos os design das ultracriaturas foram feitos para criarem uma sensação de estranheza, uma vez que são seres alienígenas. No entanto, um deles foi um passo além na estranheza.

Xurkitree (até o nome é esquisito) parece o resultado da criatividade de uma criança presa em uma loja de artigos elétricos (se bem que o resultado disso também pode ser um acidente com uma tomada e um provável incêndio). Seu design foi feito para parecer um amontoado de cabos elétricos formando um boneco. Apenas isso já o deixa bem estranho, mas é a falta de um rosto ou de olhos que faz ele ser o mais bizarro dentre as Ultracriaturas.

3. Probopass

Probopass

Uma palavra resume a estranheza desse bicho: Bigodão! 

Uma mistura de uma bússola, com aquelas estátuas da Ilha de Páscoa e com aqueles tiozões bigodudos que vemos jogados em botecos, Probopass é um pokémon do tipo pedra e metal cujo grande nariz vermelho possui uma grande sintonia com o campo magnético da Terra e é capaz de apontar com precisão para o norte. Devido à grande força magnética que emite, limalhas de ferro são atraídas até ele, formando esse bigode que deixaria Tom Selleck e Daniel Day-Lewis com inveja.

2. Garbodor

Garbodor

Ao longo dos anos, os fãs mais puristas de Pokémon e nostálgicos da primeira geração de monstrinhos dizem cada vez mais que os novos design de pokémon são um lixo. Obviamente que essa opinião é discutível, mas na quinta geração eles finalmente estiveram certo, pois Garbodor é exatamente isso, um lixo, literalmente!

Embora a fonte de inspiração para a criação de Garbodor seja, no mínimo, incomum, não é apenas isso que faz dele um dos pokémon mais estranhos já criados. O bicho possui uma expressão desconcertante em seu rosto, como se ele fosse um personagem da Vila Sésamo que recebeu doses cavalares de radiação, ao ponto de se deformar, e agora tudo que sente é dor e o desprezo da sociedade. Sem falar que esse pokémon, com certeza, deve feder muito! 

1. Vanilluxe

Vanilluxe

Finalmente chegamos ao topo da lista. Vanilluxe é a terceira e última forma de Vanilite. Embora sua parte inferior possa fazer referência a estalactites de gelo, está na cara que ele é um grande sorvetão duplo. Tem até um canudinho e uns confetes feitos de gelo!

O problema com Vanilluxe é que ele é uma mistura de várias coisas estranhas presentes ao longo dessa lista. Ele tem uma cara de bobão e é baseado em um objeto, característica repudiada por muitos fãs dos jogos, e é mais um exemplo do pokémon que, ao evoluir, simplesmente ganha mais uma cabeça para mostrar que não é a mesma coisa que sua fase anterior.

Para que fosse pior, talvez só se Vanilluxe também fosse um pokémon com forma humana, mas não vou seguir com essa linha de raciocínio, pois não quero ter pesadelos hoje a noite.