Conheça os 8 Oscars mais controversos de todos os tempos

Todo mundo tem seus gostos particulares e nem sempre eles estão de acordo com a preferência da maioria das pessoas. E isso é ok! Contudo, quando um evento como o Oscar resolve premiar um filme que não seja tão bom assim ou não é o favorito da maioria, muitas sobrancelhas se erguem em suspeita. Confira a lista de ganhadores de Oscar que até hoje fazem muitas pessoas desconfiarem dessa cerimônia de premiação.

Como Era Verde o Meu Vale (How Green Was My Valley, 1941)

Como era verde o meu vale

Categoria: Melhor filme 

Não é que Como Era Verde o Meu Vale seja um filme ruim. Longe disso! Entretanto, é estranho que este drama sobre a vida de uma família de mineradores de carvão tenha vencido o Oscar no lugar de Cidadão Kane (Citizen Kane, 1941), filme considerado até os dias atuais como uma obra-prima do cinema.

Acontece que Cidadão Kane foi baseado na vida de um magnata dos jornais da época, William Randolph Hearst, que não gostou nada de sua representação nas telonas. É sabido que Hearst fez campanha contra o filme, que teve uma péssima recepção nas bilheterias por conta disso. A Academia, para não contrariar uma personalidade tão poderosa quanto Hearst, concedeu o Oscar de melhor filme para Como Era Verde o Meu Vale.

Rocky: Um Lutador (Rocky, 1976)

Rocky

Categoria: Melhor filme

Foi uma surpresa quando Rocky, filme de baixíssimo orçamento, que quase não ganhou nada nas bilheterias, e estrelado pelo então desconhecido Stallone, ganhou  o Oscar de melhor filme no Academy Awards de 1977. Mais que isso, venceu de diretores renomados como Ingmar Bergman. No entanto, muitos acreditam que o Oscar desse ano foi totalmente indevido e quem deveria ter ganhado era Taxi Driver (1976), considerado até hoje uma das maiores obras de Martin Scorcese.

Gente Como a Gente (Ordinary  People, 1980)

Ordinary People

Categoria: Melhor diretor e melhor filme

Gente Como a Gente é um filme que desperta a ira de fãs do diretor Martin Scorcese. O drama famíliar foi o responsável por tirar o Oscar de melhor filme de Touro Indomável (Raging Bull, 1980). Além disso, como se não bastasse, o filme também ganhou o Oscar de melhor diretor para Robert Redford. 

A controvérsia acontece pois Redford ganhou o Oscar com seu filme de estreia, ou seja, ainda era um novato. Já Scorcese, não apenas estava indicado por um dos melhores filmes de sua carreira, e considerado o melhor daquele ano pelo público, como já havia provado seu talento em outros filmes, como o Taxi Driver.

Meu Primo Vinny (My Cousin Vinny, 1992)

My Cousin Vinny

Categoria: Melhor atriz coadjuvante

Esse é um caso complexo e a controvérsia vai além do prêmio. O prêmio de melhor atriz foi dado a Marisa Tomei pelo filme Meu Primo Vinny, um filme de comédia lançado fora da temporada do Oscar, com quase um ano de idade quando a cerimônia foi realizada. Portanto, um filme não só improvável de ser indicado quanto ainda mais de ganhar um Oscar.

Marisa Tomei é uma atriz bastante respeitada hoje em dia, mas naquela época, apesar do talento, ela ainda era bastante desconhecida. Uma novata ganhando um Oscar contra atrizes já renomadas e por um filme sem o perfil da Academia. Suspeito. Agora adicione a isso o rumor (já desbancado) que surgiu de que o apresentador do prêmio, Jack Palance, estava bêbado e falou o nome errado de propósito.

Forrest Gump: O Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994)

Forrest Gump

Categoria: Melhor filme

Mais um filme considerado indigno do Oscar por causa da altíssima qualidade de seus competidores. Forrest Gump é um filme muito bem executado, com a direção de Robert Zemeckis e com Tom Hanks no papel principal, é impossível dizer que esse drama romântico não é material para Oscar. No entanto, o mesmo pode ser dito, e talvez até mais, de seus concorrente.

O primeiro injustiçado pela vitória de Forrest Gump é Pulp Fiction: Tempo de Violência (Pulp Fiction, 1994), filme de Quentin Tarantino que virou sensação entre as audiências da época. Outro filme que deveria ter vencido é Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994), do diretor Frank Dorabont. É estranho pensar que Um Sonho de Liberdade não ganhou o Oscar de melhor filme, mas que hoje em dia é considerado o melhor filme da história (de acordo com a lista do IMDB).

Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in Love, 1998)

Shakespeare in love

Categoria: Melhor filme

Um filme que lucrou (e muito!) com a campanha de votos que seu diretor, Harvey Weinstein, fez em Hollywood. O diretor conseguiu convencer as cabeças dos membros da Academia e Shakespeare Apaixonado, uma comédia dramática, o tipo de filme que não costume se dar muito bem no Oscar, levou sete estatuetas para casa.

A revolta, no caso, está centrada na categoria de melhor filme, pois Shakespeare Apaixonado tirou o prêmio do favorito dos críticos e do público. Esse perdedor é o filme O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan, 1998), um drama de guerra, estrelado por Tom Hanks e Matt Damon, e dirigido por Steven Spielberg. Ou seja, um filme que tinha tudo para ser venerado pela Academia.

O Pianista (The Pianist, 2002)

The Pianist

Categoria: Melhor Ator

Como foi dito anteriormente, alguns filmes brilham mais ao olhos da Academia do que outros. Principalmente se for um drama que se passa durante a Segunda Guerra Mundial. Esse é o caso de O Pianista, contudo ninguém esperava que Adrien Brody fosse ganhar o Oscar pela sua atuação no Longa.

A categoria de Melhor Ator estava excepcionalmente bem disputada durante a cerimônia de 2003. Atores como Daniel Day-Lewis e Jack Nicholson estavam no páreo (ambos são os únicos atores homens a vencer 3 Oscars na atualidade) e eram os favoritos a ganhar a estatueta. Os outros nomeados eram o veterano Michael Caine e (pasmem!) Nicholas Cage, por Adaptação (Adaptation., 2002). A vitória de Brody é contestada, com muitos dizendo que foi o papel que rendeu o Oscar e não a atuação em si.

Crash - No Limite (Crash, 2004)

Crash

Categoria: Melhor filme

O caso mais recente de controvérsia desta lista é também o que mostra o quão conservador a Academia pode ser. Crash é considerado um filme falho que possui uma visão melodramática sobre conflitos de classes e racismo, mas mesmo assim foi votado como o melhor do ano. Muitos dizem que o filme só levou o prêmio pois a academia não gostou da temática do concorrente, apesar de ser um filme superior a Crash.

O filme que deveria ter ganhado era O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain, 2004). O drama dirigido por Ang Lee, conta a história de dois cowboys que se descobrem apaixonados um pelo outro. Ao que tudo indica, a temática gay foi muito ousada e desagradou os votantes de mente fechada da Academia.

O problema maior não é Brokeback Mountain ter perdido, mas sim Crash ganhar. Pois até haviam outros bons filmes no páreo para a posição de melhor, Johnny & June (Walk the Line, 2004) é um exemplo. O Oscar ser dado a Crash parece que Academia escolheu o único outro filme com temática socialmente relevante simplesmente para não dar para um filme que fala sobre homossexualidade. 

Qual é sua opinião sobre isso? Tem algum outro filme que você acha que foi premiado injustamente?