Vingadores: Ultimato | James Gunn será creditado como produtor executivo do filme

Depois de toda a polêmica envolvendo a saída de James Gunn do Universo Cinematográfico da Marvel no ano passado, parece que o diretor está dando a volta por cima.

Gunn foi demitido após declarações antigas suas no Twitter virem a público. O conteúdo, considerado ofensivo, foi o pivô da crise que levou ao desligamento do cineasta do MCU. Mas parece que as pazes foram feitas: além de sua recontratação, James Gunn será oficialmente creditado como produtor executivo em Vingadores: Ultimato.

Do inferno ao céu

James Gunn

A demissão de Gunn da Marvel Studios foi bastante polêmica: o diretor veio a público na época dizendo que aquelas opiniões eram antigas e não refletiam sua visão. Mesmo assim, não teve jeito: o cineasta acabou perdendo seu posto no estúdio.

Pouco tempo depois da sua saída, a Warner Bros. contratou Gunn para o reboot de Esquadrão Suicida. Com esse adendo, era praticamente certo que o diretor não voltaria tão cedo para a Marvel Studios.

No entanto, Gunn teve uma enorme relevância no MCU: além de Guardiões da Galáxia Vol. 1 e Vol. 2, o diretor colaborou com os irmãos Russo na integração desses personagens à narrativa de Vingadores: Guerra Infinita. E, mesmo com o seu divórcio parcial com a Marvel Studios, seu nome vai aparecer ainda em Vingadores: Ultimato.

Com a recontratação ainda neste mês, quem vibra ainda mais forte são os fãs de Guardiões da Galáxia Vol. 3. Gunn vai dirigir o terceiro filme da franquia, um verdadeiro sonho realizado para parte dos que amam as aventuras de Peter Quill e seus companheiros.

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de abril nos cinemas brasileiros.

FIQUE POR DENTRO:

James Gunn agradece apoio por seu retorno a Marvel

Esquadrão Suicida | Produtor fala sobre retorno de Gunn a Marvel