Você já assistiu a Thor: Ragnarok? Acha que entendeu todas as referências e segredos do filme? Então teste seus conhecimentos de fã e confira vinte dos melhores easter eggs do longa!

Spoilers para Thor: Ragnarok.

1. Thor, um Vingador anfíbio

Thorg

Depois de Thor descobrir que Loki se fez passar por Odin, o deus da trapaça pede desculpa ao irmão por algo do passado: quando Loki transformou Thor num sapo.

Nos quadrinhos da época de Walt Simonson, Thor foi realmente transformado em sapo pelo seu irmão. Ele acabou liderando um clã de anfíbios em Central Park!

2. Elmo de Thor

Thor

Durante as cenas como gladiador na arena, Thor usa um capacete com asas estilizadas que são uma clara inspiração do seu visual clássico. Esta parece ser a resposta da Marvel às queixas de muitos que queriam ver o Odinson do cinema usando o seu capacete icônico no filme.

3. Os atores famosos no teatro de Loki

Matt Damon, Sam Neil, Luke Hemsworth

Quando Thor chega a Asgard, ele descobre que a história está sendo reescrita através de uma peça de teatro. Em cena estão atores interpretando Loki, Thor e Odin para divertimento dos asgardianos e do falso Odin.

Mas sabia que são atores famosos interpretando esses papéis? Matt Damon (A Identidade Bourne) dá vida a Loki, Sam Neil (Jurassic Park) é Odin e no papel de Thor está Luke Hemsworth (Westworld). Sim, Luke é irmão de Chris Hermsworth, o ator que interpreta o verdadeiro Thor.

4. A bengala da transformação

Thor / Donald Blake

Thor e Loki viajam até o planeta Terra em busca do seu pai e vão vestidos como humanos comuns. O deus do trovão leva consigo um guarda-chuva e usa-o mais tarde para se transformar novamente na sua verdadeira forma. Ele bate com o objeto no chão – o guarda-chuva é Mjolnir disfarçado – e vira o Thor que conhecemos.

Isto é algo levantado diretamente dos quadrinhos, quando Thor vivia como Donald Blake na Terra e desconhecia a sua identidade real. Até um dia em que Blake descobriu uma bengala numa caverna e bateu com ela no chão, transformado-a em Mjolnir e nele mesmo em Thor.

5. Sucateira 142

Valquíria

Valquíria vive em Sakaar sob um novo nome, sendo conhecida pelo Grão-Mestre como Sucateira 142. Esta é uma referência à primeira aparição de Valquíria nos quadrinhos, quando ela surgiu nas páginas de The Incredible Hulk #142.

Na verdade, a Valquíria que vemos nessa HQ não é a verdadeira, mas sim uma humana transformada para ter a mesma aparência que a original. A Valquíria verdadeira chama-se Brunnhilde e a sua primeira aparição oficial foi na HQ Avengers #87.

6. Irmã secreta de Thor

Hela e Angela

Em Ragnarok, Hela é revelada como sendo irmã de Thor mas nos quadrinhos ela é filha de Loki. Contudo, existe realmente uma outra irmã que Odin escondeu dos seus filhos: Aldrif Odinsdottir, também conhecida como Angela.

Angela foi a primeira filha de Odin e Freyja e era a legítima herdeira ao trono de Asgard. Mas os seus pais acreditaram que ela tinha morrido às mãos da Rainha dos Anjos, líder do Décimo Reino. Muitos anos mais tarde, seria revelado que a bebê tinha sido sequestrada e criada como um anjo.

7. Torneio de Campeões

Torneio dos Campeões

A arena do Grão-Mestre é conhecida como o “Torneio dos Campeões”, um nome que vem diretamente dos quadrinhos. Em um evento com o mesmo nome, Grão-Mestre e Morte colocaram equipes de super-heróis lutando entre si.

8. Os Campeões de Sakaar

totem em Sakaar

O planeta do Grão-Mestre tem um totem gigante com os rostos de vários campeões famosos do seu passado, entre eles: Homem-Coisa, Bill Raio Beta, Ares e Bifera. Existe ainda a construção de uma cabeça do Hulk junto aos outros campeões, sem dúvida para celebrar seu sucesso na arena.

9. Inspiração em Jack Kirby

Celestiais de Kirby e camarote

O universo colorido e psicodélico do lendário criador Jack Kirby é claramente uma influência no visual de Thor: Ragnarok. Mas dois detalhes destacam-se que são uma referência direta à criação de Kirby: os uniformes dos guardas do Grão-Mestre parecem iguais aos Celestiais e as paredes do camarote da arena têm desenhos realmente criados pelo mestre de quadrinhos.

camarote e inspiração Kirby

10. “Pure Imagination”

Willy Wonka

Quando Thor está preso a uma cadeira e sendo levado até o Grão-Mestre, ele percorre o que parece ser um túnel psicodélico. Uma música toca levemente e é possível identificar que se trata de “Pure Imagination”, uma música da trilha sonora do clássico A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971).

Esta música faz parte de uma cena muito similar àquela que Thor vive no seu filme, com um forte ambiente surreal e bizarro.

11. Shady Acres

Shady Acres

Esta não foi a primeira vez que ouvimos falar de um local chamado Shady Acres. Em Thor: Ragnarok, este é o nome do lar de idosos nova-iorquino onde Loki abandona seu pai. Esse é também o nome de um lar de idosos na série animada South Park, o local onde vive o avô paterno de Stan.

Curiosamente, Shady Acres é um nome que aparece em um outro filme com muito humor: Ace Ventura – Um Detetive Diferente. Nesse longa, Shady Acres é o nome de uma instituição psiquiátrica que Ace Ventura está investigando.

12. Três vampiros

O Que Fazemos Nas Sombras

Antes de Thor entrar na arena, Korg aconselha o novo gladiador a usar uma forquilha de madeira. O deus do trovão não vê muita utilidade em usar esse instrumento para combater e Korg admite que ele tem provavelmente razão, a não ser que fosse lutar contra “três vampiros que estejam juntos”.

Esta parece ser uma referência a um dos filmes de Taika Waititi, o mesmo diretor de Thor: Ragnarok. O Que Fazemos Nas Sombras é um filme cult de estilo falso documentário que segue a vida real de vários vampiros, mas focando-se principalmente em três deles.

13. Stan Lee, claro!

Stan Lee

O que seria de um filme da Marvel sem o icônico Stan Lee? Esperamos nunca vir a descobrir. O criador supremo da Casa das Ideias aparece em Ragnarok como o barbeiro alienígena que corta o cabelo a Thor antes dele entrar na arena.

14. Tony Stark sendo Tony Stark

Thor e Patrick Swayze

Quando Thor tenta escapar de Sakaar na nave espacial de Hulk, ele tem muitos problemas em adivinhar qual a senha para entrar no sistema. Depois de várias tentativas, ele descobre que é “Point Break” (versão original).

Esta é uma referência a um filme dos anos 80 com o mesmo nome – no Brasil, traduzido para Caçadores de Emoção – e é algo que Tony Stark já tinha chamado a Thor. Ele chama-lhe isso por causa do seu cabelo loiro, em referência ao cabelo do ator Patrick Swayze nesse filme.

15. “Ele é adotado”

Thor e Viúva Negra

Aquele momento no filme em que os maiores fãs pensaram “parece que o jogo virou, não é mesmo?”

Thor está aprisionado pelo Grão-Mestre quando descobre que seu irmão Loki se tornou um aliado do tirano de Sakaar. O problema é que o mestre da trapaça não quer arruinar a sua relação com o Grão-Mestre por causa de Thor. Mesmo assim, é revelado que eles são irmãos, e Loki distancia-se de Thor dizendo que foi adotado e não é tecnicamente seu irmão.

Esta é uma referência a algo que aconteceu em Vingadores. Quando Viúva Negra diz a Thor que Loki matou oitenta pessoas, o deus do trovão responde que Loki é seu irmão adotado, distanciado-se assim dele. Agora o jogo virou, e é o mestre da trapaça que usa esse fato para se livrar de problemas.

16. Acalmar o Hulk

Hulk e Viúva Negra

Thor tenta acalmar Hulk / Bruce Banner usando repetidamente as palavras “o sol está se pondo”. Esta foi uma frase usada por Viúva Negra para acalmar o Gigante Esmeralda em Vingadores: Era de Ultron e iniciar a transformação para a forma humana.

A primeira vez que Thor tenta isso é na arena, gesticulando sua mão do jeito que Natasha fazia. Mas as coisas não correm bem para Odinson e Hulk esmaga o deus do trovão do mesmo jeito que fez a Loki no primeiro Vingadores. Esta é outra referência que leva Loki entusiasmar-se pelo fato do irmão estar sofrendo aquilo que ele sentiu quando Hulk fez o mesmo com ele.

17. A redenção de Skurge

Skurge

No final do filme, Skurge decide sacrificar-se para salvar a nave espacial de refugiados das garras do exército de Hela. O sacrifício do antigo executor é algo que também acontece nos quadrinhos, quando Skurge defende a ponte para o submundo para permitir a fuga dos heróis.

Sozinho na ponte Gjallerbru, Skurge usa armas terrestres contra o exército e cumpre a sua missão com dignidade. Este último ato em vida deu-lhe morada eterna em Valhalla, junto dos mais corajosos guerreiros de Asgard.

18. Manopla do Infinito

Manopla do Infinito

Durante anos, os fãs debateram sobre a presença de uma Manopla do Infinito no primeiro filme de Thor. No cofre de Odin estava realmente uma Manopla com as Joias do Infinito mas, graças a Hela, agora sabemos que se tratava de um artefato falso.

Isso explica porque em outros filmes vimos Thanos com a sua Manopla, resolvendo assim o mistério que muitos acreditavam ser furo de roteiro.

19. Tesseract

Tesseract

Quando Loki vai ao cofre de Odin na sua missão para libertar Surtur, ele vislumbra o Tesseract – a Joia do Espaço – que estava ali guardada desde os eventos de Vingadores. Não acreditamos que Loki tenha simplesmente deixado o Tesseract entregue às chamas de Surtur… E afinal, Thanos precisa dessa Joia para completar a sua Manopla.

20. Asgard na Terra

Asgard

Em um dos momentos mais emotivos do filme, Thor entende que Asgard não é um lugar mas sim uma cultura e comunidade compartilhada por todos os asgardianos. O fim do mundo pode destruir a Asgard física, mas não destrói a ideia de Asgard. Com isso em mente, o novo rei asgardiano decide levar o seu povo para o planeta Terra.

Esta visão de Asgard é algo que vem diretamente dos quadrinhos, onde o reino foi reconstruído na Terra, flutuando no céu de Oklahoma, nos Estados Unidos.