Star Wars IX | J.J. Abrams revela detalhes emocionantes sobre Leia no filme

Star Wars: A Ascensão Skywalker acaba de ganhar toneladas de novas informações na edição especial da revista Vanity Fair. Um dos destaques fica para emocionantes detalhes que o diretor J.J. Abrams revelou sobre a inserção de Leia Organa no filme, mesmo após a morte da atriz Carrie Fisher.

Após a morte de Fisher em 2016, muito se especulou como a personagem seria retratada no filme. Abrams precisava fazer uma escolha difícil: ele precisava da personagem para a história, mas não queria criá-la digitalmente. Foi quando ele lembrou que havia cenas gravadas pela atriz para Star Wars: O Despertar da Força nunca usadas.

"É difícil até mesmo falar sobre isso sem parecer que estou sendo um tipo de bobão espiritual cósmico, mas parecia que de repente havíamos encontrado a resposta impossível para a pergunta impossível."

star wars ascensão skywalker

O diretor e roteirista começou a escrever cenas a partir do material gravado com a atriz, encaixando seus diálogos em novos contextos e recriando recursos como iluminação.

Se rever e honrar o trabalho de Fisher já não era emocionante o suficiente para todos os fãs e os envolvidos na produção, há outro ponto importante a ser lembrado: Billie Lourd, a filha de Fisher, também está no filme.

Abrams revelou que perguntou à atriz, que vive a Tenente da Resistência Connix, se ela preferia não estar nas cenas envolvendo Leia, mas ele afirmou que queria.

"E assim, há momentos em que eles estão falando; há momentos em que elas estão se tocando."

Para o diretor, a forma como tudo funcionou foi quase obra do destino, de modo que a franquia pudesse honrar Carrie Fisher.

"Há momentos neste filme em que Carrie está lá, e eu realmente sinto que há um elemento da clássica Carrie, estranho e espiritual, você sabe, que teria acontecido dessa maneira, porque de alguma forma funcionou. E nunca pensei que fosse."

Star Wars: A Ascensão Skywalker chega aos cinemas no dia 19 de dezembro.