A data para o fim do embargo às críticas de Solo: Uma História Star Wars foi liberada: 15 de maio.

Um misto de "Esse filme é necessário mesmo?" com "Será que vão fazer justiça ao personagem?" somado aos problemas pelos quais a produção passou, como a troca de diretores e o atraso do material de divulgação, já desmotivou bastante os fãs de Star Wars para o longa. 

Mas a data para as críticas pode ser uma boa notícia para aqueles que acompanham a franquia. Entenda o porquê. (Via LRM)

Dez dias antes

solo star wars
Funciona da seguinte forma: em geral, quando o embargo às críticas é retirado apenas alguns dias ou horas antes da estreia do filme, significa que estão tentando "esconder" o longa das críticas. 

Em alguns casos, como o de Vingadores: Guerra Infinita (cujo embargo foi retirado dois dias antes da estreia apenas), a intenção era justamente evitar spoilers, já que o filme estava cheio de surpresas. 

Em outros, a manobra pode não ser muito bem vista. Afinal, se o embargo é retirado com um maior tempo de antecedência, demonstra que o filme está confiante de que as críticas serão favoráveis e estimularão nos fãs a vontade de ver, e não o contrário.

E esse é o caso de Solo: Uma História Star Wars. O embargo da crítica será finalizado dez dias antes da estreia mundial do filme (9 dias antes da estreia no Brasil). A data também coincide com a premiere do filme no Festival de Cannes, na França.

Pelo visto, a Disney e a Lucasfilm estão confiantes sobre as críticas!

Solo: Uma História Star Wars estreia no dia 24 de maio.