Mortal Kombat | Tudo o que queremos ver no novo filme!

A franquia de jogos de luta mais sangrenta de todos os tempos vai ganhar mais uma adaptação para os cinemas: Mortal Kombat tem estreia prevista para 5 de março de 2021. Com classificação indicativa de 18 anos, o filme promete ser tão violento quanto os gamers se acostumaram a ver nos consoles.

Mas não é só sangue o necessário para se fazer um bom filme inspirado no jogo! Nós listamos algumas coisas que não podem faltar na próxima adaptação de Mortal Kombat!

Fatalities, Brutalities e outros "alities"!

Fatality

Uma das coisas mais marcantes e divertidas de Mortal Kombat são seus Fatalities. O movimento brutal, usado para finalizar uma luta, deixa transparecer toda a violência do jogo e seu senso de humor distorcido. É uma das marcas registradas do game.

Entre as finalizações, digamos, exóticas que Mortal Kombat já nos propiciou estão o Animality (onde o lutador se torna um animal e devora seu oponente derrotado), Babality (o oponente é transformado num bebê) e até o Friendship (ao invés de matar seu rival, o lutador o presenteia com algum item em sinal de paz).

De acordo com o roteirista do longa, Greg Russo, o filme terá os famigerados Fatalities na história. A gente torce, no entanto, para que as finalizações apareçam de verdade, diferente do que foi visto na primeira adaptação do jogo para as telonas e que acabou virando meme.

Presença de personagens icônicos

Liu Kang

A franquia Mortal Kombat apresentou diversos lutadores icônicos ao longo dos anos que entraram para o cultura pop. Liu Kang, Raiden, Sub-Zero, Sonya Blade, Johnny Cage, Jax... a lista vai longe! Cada um deles tem um potencial enorme de boas histórias de origem e subtramas para um filme.

Um dos pontos altos da primeira adaptação de Mortal Kombat para os cinemas foi justamente criar uma história que fizesse sentido para proporcionar as lutas. Mas e se, dessa vez, o filme for mais ousado e usar outros rostos conhecidos além dos mais básicos?

É que ia ser irado ver nas telonas uma história de origem caprichada para o Sub-Zero, assim como descobrir quem criou Sektor, Smoke e Cyrax, saber porque o Baraka é todo estranho e como aprendeu a usar as espadas. O roteirista Greg Russo revelou que veremos muitos rostos conhecidos no longa, mas não falou quantos personagens serão usados.

Vamos torcer para que, desta vez, surja uma história capaz de explorar ainda mais o background de cada um dos lutadores!

Respeito pela mitologia de Mortal Kombat

Mortal Kombat

O medo de todo gamer quando escuta que um jogo será adaptado para os cinemas é sempre o mesmo: o respeito pela mitologia da obra original! O trauma é real e justificado por uma série de produções, digamos, duvidosas que vieram ao longo dos tempos.

Super Mario Bros., Double Dragon, Street Fighter, e até um filme da própria franquia MK, Mortal Kombat: A Aniquilação são ótimos exemplos de como não se adaptar um jogo para as telonas. Dentre outras deficiências, esses longas pecam ao deixar de lado pontos-chave da mitologia dos games, o que frustra os fãs de franquias celebradas.

O desafio da produção da nova adaptação de Mortal Kombat será grande: levar para as telonas uma grande variedade de personagens, em que ninguém é exatamente bonzinho e não hesita em matar seus oponentes, dentro de uma história que seja original e que faça sentido.

Olhando assim, parece ser pedir muito. Mas, no fundo, o que a gente quer é só que Mortal Kombat se pareça com Mortal Kombat!

O humor perturbado da franquia

Apesar de ter ficado conhecido pela sua violência, Mortal Kombat não usa o sangue e o gore apenas para chocar: a franquia sempre tentou fazer graça com isso tudo. Muitas vezes, o game exagera nos elementos gráficos para tirar algum humor absurdo da violência extrema.

Um dos elementos clássicos dos jogos é o "TOASTY": introduzido lá em Mortal Kombat II, no meio da pancadaria surgia uma pessoa gritando "Toasty" (algo como 'fritinho') do nada. O easter egg era do designer de som do jogo, Dan Forden, e conseguia fazer uma luta ficar absurda e divertida.

Uma adaptação para os cinemas não pode perder essa veia cômica. Isso faria com que, além de ser fiel ao espírito dos jogos, o filme fosse mais leve e divertido, equilibrando um pouco a brutalidade de vermos os prometidos fatalities.

TRAGAM A CASSIE CAGE!

Cassie Cage

Introduzida em Mortal Kombat X, Cassie Cage virou rapidamente uma personagem queridinha entre os fãs. Na mitologia do jogo, ela é filha de Johnny Cage e Sonya Blade e, assim como os pais, também faz parte da Special Forces.

Carismática, a lutadora é irreverente até nos seus fatalities! Isso fez dela uma das mais amadas personagens entre os fãs da nova geração, captando a essência do jogo e, desse modo, dando gás à franquia!

Por ser uma personagem bem mais nova e menos explorada que a maioria dos demais lutadores, Cassie poderia ser usada para apresentar a mecânica do filme, mostrando seus laços com os outros personagens e seu envolvimento com o torneio!

E você? O que mais espera ver na nova adaptação de Mortal Kombat para as telonas?

Mortal Kombat tem estreia prevista para 5 de março de 2021.

FIQUE LIGADO:

Mortal Kombat | Gravações do novo filme começaram oficialmente!

Produtor de Mortal Kombat fala sobre possíveis sequências!

Mortal Kombat | Roteirista comenta dificuldade em trabalhar com tantos personagens!