2016 está contando os seus últimos dias e nós tivemos a tarefa árdua de escolher apenas 5 séries geeks que se destacaram entre todas as outras.

Escolhemos as séries de gêneros de fantasia e ficção científica assim como aquelas que são adaptações dos quadrinhos. As séries escolhidas tiveram suas temporadas lançadas totalmente durante o ano de 2016.

5. Luke Cage

Luke Cage

A parceria entre a Marvel e a Netflix continuou mostrando a sua força extraordinária com Luke Cage, o super-herói inquebrável. Depois da sua introdução em Jessica Jones, Luke saltou para a sua série solo e a qualidade continuou seguindo o herói.

O foco no Harlem, a trilha sonora, a dupla de vilões Cottonmouth e Mariah Dillard e a fantástica Misty Knight fizeram dessa série o vício televisivo de setembro.

Em um ano bastante problemático em questões políticas, Luke Cage abordou diretamente temas como a tensão racial e a brutalidade policial, elevando a série a um patamar político muito relevante.

Luke Cage: 22 easter eggs e referências que você não pode perder

4. Demolidor

Justiceiro, Demolidor e Elektra

A primeira temporada de Demolidor foi absolutamente fantástica, o que levantou a dúvida: como superar isso? As expectativas estavam bastante altas mas a série soube continuar construindo com as bases do seu sucesso inicial mas trazendo novas caras para escrever suas histórias.

Com a introdução do Justiceiro e de Elektra, existia o receio da série ficar perdida ao tentar mostrar várias personagens. Mas o roteiro continuou surpreendendo, dando espaço aos personagens para se mostrarem tanto individualmente como em conjunto.

Charlie Cox é o protagonista que torna tudo isso possível, estando o seu nível de atuação ainda melhor que na primeira temporada. Jon Berthnal como Justiceiro é a grande surpresa da temporada, com uma performance tão fantástica que mereceu a criação da sua série solo!

Os 10 melhores momentos da segunda temporada do Demolidor

3. Stranger Things

Stranger Things

A grande surpresa de 2016 veio da série que fez todo o mundo se apaixonar novamente pelos anos 80. O imaginário geek, o elenco infantil maravilhoso, uma história fascinante, um monstro terrível… O que havia para não gostar?

As crianças são o coração da história e rapidamente se tornaram adoradas pelo público, especialmente com a poderosa Eleven, interpretada por Milly Bobby Brown, e o divertido Dustin (Gaten Matarazzo). Winona Ryder teve aqui também um grande retorno ao estrelato, com aplausos do público e da crítica

Com apenas 8 episódios, Stranger Things é uma série imperdível e de visionamento obrigatório para um aficionado. Mal podemos esperar por uma segunda temporada – que já está atualmente em produção!

Você tem que conhecer essa teoria louca de Stranger Things

2. Game of Thrones

Ramsay Bolton

Game of Thrones é a série por excelência de um aficionado, com todos os elementos certos para viciar qualquer um. Mas após uma quinta temporada morna e com uma trama longe das grandes emoções, a série ficou fragilizada.

A sexta temporada mudou tudo isso. Caminhando em um novo território longe dos livros, a série ganhou uma vida renovada e lembrou a todos por que Game of Thrones é tão aclamada.

Os pontos altos desta temporada foram muitos mas a Batalha dos Bastardos revelou um episódio televisivo como nunca antes visto. Foi fantasia na sua mais elevada qualidade, mas com os horrores da guerra mostrados em toda a sua violência. Se fizéssemos uma lista com os melhores episódios do ano, então o episódio 9 desta temporada levava facilmente o troféu.

Todos os personagens estão em uma jornada que queremos assistir avidamente e com um final de temporada tão explosivo, Game of Thrones mostra novamente o seu domínio. Nunca uma nova temporada demorou tanto tempo a chegar!

6 coisas que queremos ver na temporada 7 de Game of Thrones

1. Westworld

Westworld

A nova aposta da HBO surpreendeu tudo e todos com a sua bizarra combinação de ficção científica e o Velho Oeste. Westworld rapidamente se torna o assunto de que todos falavam, gerando mil e uma teorias e criando uma sensação de paranoia melhor resumida na frase “serei eu próprio sou um anfitrião?”

A trama concebida por Jonathan e Lisa Joy Nolan é uma história complexa que levanta questões morais sobre a natureza do ser humano e os limites da liberdade e da criação científica. O público ficou rendido à primeira temporada de Westworld graças a esta trama inteligente e desafiante.

A mestria da série foi também revelada quando não caiu em erros de outras séries misteriosas, oferecendo respostas para os seus vários enigmas. Com interpretações admiráveis, um roteiro magnífico e uma história ambiciosa, é difícil achar algo decepcionante em Westworld.

Gostou dessa lista? Descubra agora os piores e melhores filmes de super-heróis de 2016!