HQ dos Vingadores que Prefeitura do RJ queria proibir esgota na Bienal!

A Prefeitura do Rio de Janeiro emitiu ontem uma nota oficial na qual exigia que a HQ Vingadores: A Cruzada das Crianças fosse retirada da Bienal do livro, evento que acontece até o dia 8 de outubro na cidade.

A organização da Bienal, contudo, não acatou a exigência. E a HQ, que foca nos Jovens Vingadores Wiccano e Hulkling, não apenas seguiu à venda como esgotou todos os seus exemplares disponíveis em diferentes estandes em menos de 30 minutos nesta sexta-feira!

jovens vingadores

A polêmica teve início após alguns pais reclamarem que a HQ continha uma página com um beijo entre o casal de heróis. A tentativa de censura da Prefeitura do Rio de Janeiro, contudo, foi respondida pela Bienal em um comunicado:

"A Bienal Internacional do Livro Rio, consagrada como o maior evento literário do país, dá voz a todos os públicos, sem distinção, como uma democracia deve ser. Este é um festival plural, onde todos são bem-vindos e estão representados. Inclusive, no próximo fim de semana, a Bienal do Livro terá três painéis para debater a literatura Trans e LGBTQA+.

A direção do festival entende que, caso um visitante adquira uma obra que não o agrade, ele tem todo o direito de solicitar a troca do produto, como prevê o Código de Defesa do Consumidor."

Wiccano e Hulkling são um casal abertamente gay há muitos anos nos quadrinhos. E a expectativa é de que a Marvel Studios apresente o grupo de heróis nos cinemas em um futuro breve.

O estúdio, inclusive, já prometeu mais representatividade em seus filmes, algo que já demonstrou em produções como Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa, e que promete trazer em Os Eternos e outras produções. Este último terá um personagem gay casado.

FIQUE POR DENTRO

Conheça os Jovens Vingadores, o time que vai desafiar a sua imaginação!

15 super-heróis LGBT da Marvel e DC que você precisa conhecer

Justiça Jovem | Série animada revela que novo Aquaman é LGBT

Kevin Feige fala sobre primeiro personagem LGBT e promete representatividade maior!

Tom Holland quer Homem-Aranha LGBT no cinema