Homem-Aranha: Longe de Casa | Joe Russo comenta sobre influência de 'Ultimato' no filme

O diretor Joe Russo explicou como os eventos de Vingadores: Ultimato deverão afetar o próximo filme do Universo Cinematográfico da Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa.

O cineasta comentou, em entrevista ao Entertainment Weekly, qual será um dos principais dilemas que o mundo terá que enfrentar após o resultado dos últimos dois filmes e como isso está intrinsecamente relacionado com o filme solo do Cabeça de Teia.

ATENÇÃO: texto com SPOILERS de Vingadores: Ultimato.

Longe de casa

Após vencerem Thanos e reverterem os efeitos do estalar de dedos que acabou com metade da vida no universo, os heróis conseguiram trazer de volta a vida pessoas que ficaram 5 anos desaparecidas. Enquanto o tempo passou para os que ficaram, os que foram vaporizados retornam como se estivessem ficado parados no tempo.

Em uma das últimas cenas do filme, vimos Peter voltar à sua escola e encontrar seu amigo Ned que, aparentemente, também tinha sido vítima do Titã Louco. Sobre isso, Joe Russo explicou.

Então... Ned também havia desaparecido. Aquela cena era o reencontro dos dois pela primeira vez depois de terem desaparecido. Isso não significa que todas as pessoas com quem eles estudavam desapareceram também. Podem haver jovens que estão bem mais velhos e já não estão no colégio. Mas Ned e Peter deseapareceram e voltaram naquele momento.

Após essas declarações, fica claro que Homem-Aranha: Longe de casa vai funcionar também como uma espécie de posfácio da Saga do Infinito, retratando como o mundo terá que lidar com as complicações herdadas nisso tudo.

Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros no dia 4 de Julho.

FIQUE POR DENTRO:

Homem-Aranha 3 | Deadpool pode ter grande participação no filme (rumor)

Vingadores: Ultimato | Irmãos Russo explicam ausência de cena pós-créditos

Vingadores: Ultimato | Roteiristas falam sobre as decisões tomadas para o filme!