Disney/Fox: Compra pode afetar planos da Fox e possíveis crossovers?

Em mais uma especulação sobre a fusão - ainda em negociação - da Disney e da Twentieth Century Fox, agora os executivos da Fox estariam preocupados se a fusão pode vir a afetar as próximas produções do estúdio, como os spinoffs de X-Men. Entenda o porquê.

A Disney pode intervir em alguns dos projetos?

Deadpool e Logan

A mega-fusão de US$52,4 bilhões da Disney e da Fox ainda nem se concretizou e já deu muito o que falar. Logo que foi anunciada, em 14 de dezembro do ano passado, a negociação deixou o mundo dos super-heróis em polvorosa com a possibilidade de reunir os personagens Marvel hoje propriedade da Fox com seus colegas já sob o domínio da Disney.

Desde então, enquanto a negociação segue sendo feita, muitas preocupações e rumores surgiram. Os mais novos comentários em torno da fusão se voltam para o fato de que os executivos estariam preocupados com a possibilidade de a Disney não concordar com os projetos de super-heróis R-Rated (para maiores de 18 anos) que a Fox tem defendido. Alguns exemplos são Deadpool (que alcançou US$783 milhões nas bilheterias mundiais) e Logan (US$616 milhões).

Além desses, o estúdio estaria com outros projetos "secretos" em desenvolvimento, conforme publicou o site The Hollywood Reporter. Um deles seria um filme solo do Surfista Prateado, que terá roteiro do criador de quadrinhos Brian K. Vaughn. Um executivo envolvido no projeto confirmando o desenvolvimento do longa:

"Estamos indo a 1000 por hora."

Em ocasiões diversas, o presidente da Marvel, Kevin Feige, já demonstrou seu desejo de reunir todos os personagens licenciados em diferentes empresas. A dúvida agora residiria na possibilidade de os projetos "para maiores" da Fox serem incluídos nessa reunião ou até de serem realmente desenvolvidos após a fusão.

Até agora a fusão não afetou os projetos da Fox

Fenix Negra

Em 12 de fevereiro, a Fox contratou Brian Michael Bendis para escrever o roteiro de um projeto do universo X-Men a ser dirigido por Tim Miller, o longa solo da mutante Kitty Pryde. A contratação demonstrou que a Fox segue se movimentando e investindo nos personagens Marvel que licencia independente de como se encontra a negociação Disney/Fox.

O próprio Bendis afirmou, conforme publicado pelo THR, que foi informado de que a fusão não afetaria o projeto, mas adicionou.

"Pelo menos no momento. Certamente essas são decisões bem acima da minha folha de pagamento, caso venha a afetar."

Uma "fonte dentro da Fox" teria informado ao site, ainda, que os comentários mais gerais pelos estúdios são de que a fusão se trataria de um negócio como outro qualquer e que, até então, não houve mudanças no andamento das produções. A fonte revelou:

"Na verdade, nós temos muito mais projetos Marvel em desenvolvimento e produção do que em qualquer outro ponto da história do estúdio. Não houve desaceleração alguma [em meio à fusão]."

Este ano, a Fox vai lançar dois filmes do universo Marvel: Deadpool 2, no dia 18 de maio, e X-Men: Fênix Negra, em 2 de novembro. O estúdio também está com outros três projetos envolvendo os mutantes para 2019 e outros três para 2020.

O que sabemos dos projetos atuais?

Novos Mutantes

Bem, o filme solo de Gambit, que será interpretado pelo ator Channing Tatum, segue procurando um diretor. Após inúmeros mudanças que puseram a realização do filme em dúvida, o THR anunciou, contudo, que um rascunho do roteiro já seria esperado para março, o que significa que a Fox já planejou o orçamento para o longa.

Enquanto isso, o filme Novos Mutantes passará por regravação de cenas. Anteriormente, o anúncio do adiamento da estreia do longa para o dia 22 de fevereiro de 2019 havia sido justificado pelos estúdios com o argumento de que estariam deixando o filme ainda mais assustador. Agora, a informação é de que algumas cenas estariam sendo regravadas para incluir um novo personagem.

Um filme sobre a X-Force (time criado por Cable para ser mais combativo que os X-Men) também estaria em produção. O spinoff de Deadpool, que contaria com Ryan Reynolds e Josh Brolin no elenco, começaria a ser gravado em março.

Os personagens de X-Men e Quarteto Fantástico também não estão fora dos planos da Fox. Um filme solo do personagem Doutor Destino, alter-ego de Victor von Doom que aparece pela primeira vez nos quadrinhos do Quarteto Fantástico, estaria nos planos para ser desenvolvido por Noah Hawley, showrunner de Fargo e Legion.

Já a aguardada reunião dos X-Men com os Vingadores não deve acontecer tão cedo. Além de a fusão ainda não ter sido concretizada, os filmes Marvel nos quais os fãs tinham esperança de ver os mutantes, Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores 4, já tiveram suas gravações finalizadas. Foi o que informou James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia, durante um live no Facebook.

"A fusão não existe ainda. Se tudo der certo, ela existirá, eles farão isso. Mas não existe. Vocês não verão os X-Men ou ninguém como eles em Guerra Infinita - Vingadores 3 ou Vingadores 4, porque estes filmes já foram gravados."

Ao que parece, as produções dos dois estúdios seguem normalmente enquanto a fusão é realizada. Ainda não há confirmações sobre intervenções da Disney nos projetos Fox.