CRÍTICA X-Men: Fênix Negra | Um final deprimente para a franquia

Os fãs estão próximos de acompanhar o tão aguardado final do universo X-Men entregue pela Fox, uma vez que os mutantes poderão integrar o Universo Cinematográfico da Marvel em breve após a compra da empresa pela Disney.

Apesar de a linha cronológica ser uma verdadeira bagunça, X-Men: Fênix Negra conseguiu manter diversas pontas fechadas de modo que entregou um enredo ok para aqueles que acompanharam até o final a história dos heróis.

A crítica NÃO contém spoilers!

X-Men: Fênix Negra

Apesar de não ser a primeira vez que os fãs dos mutantes estão lidando com a Fênix Negra nos cinemas, esse filme é diferente por ter foco total na história de como Jean Grey adquiriu seus poderes e se tornou uma mutante capaz de matar qualquer um que se coloque em seu caminho.

A história se inicia quando Grey, junto dos outros X-Men, vai ao espaço para salvar uma tripulação da NASA que está com problemas. Enquanto a missão de resgate está acontecendo, Jean Grey acaba absorvendo uma estranha e poderosa energia cósmica na intenção de salvar seus companheiros.

De volta à Terra, os mutantes acabam tendo que lidar com o novo eu de Grey. O problema é que ela coloca a segurança de todos em risco.

Pontos positivos

fênix negra

O diretor Simon Kinberg não poupou esforços em efeitos especiais, que é um dos principais pontos positivos. É uma coisa caprichada, feita com carinho, para entregar o que eles queriam para os fãs. Os efeitos durante o filme, principalmente em cenas da Jean Grey, são algo de deixar o público de queixo caído.

Há uma cena em questão em que você fica abismado com o a extensão do poder envolvido. Não é algo digno de um combate, mas a cena é tão bem feita que você, com toda certeza, irá ficar estático na poltrona do cinema.

As cenas de luta que o filme entrega são impecáveis, fazem você sentir a tensão do outro lado da tela e te deixam apreensivo, querendo saber qual o desfecho que os embates terão.

Filme não entrega o que foi prometido

X-Men: Fênix Negra

Apesar desses pontos positivos, o filme acaba se tornando entediante. Um longa que, se você não estivesse ali, não faria diferença nenhuma. Fênix Negra prometeu muito e não conseguiu cumprir as expectativas, deixando o espectador na ânsia de algo espetacular no ápice do longa. Mas isso não acontece.

O filme, no geral, é um daqueles longas que, caso você não tenha outras opções para assistir, acaba escolhendo ele. A narrativa que envolve a história é boa, porém corrida demais. Em determinado momento, você sente que o filme está se encaminhado para a metade, quando na realidade, está chegando ao final de tudo.

A atuação

Sophie Turner como Jean Grey

Os atores, no geral, entregam uma ótima atuação, apesar de serem conhecidos pelos outros filmes, é algo que marca. James McAvoy, como Charles Xavier, e Michael Fassbender como Magneto, cumprem muito bem seus papeis. O destaque para Fassbender é merecido ainda por conta de seu envolvimento nas melhores cenas do filme.

Sophie Turner, apesar de algumas escorregadas, entregou um bom personagem. Não chega a ser incrível a atuação dela, mas é nítido que ela fez o que lhe foi passado. Entretanto, há momentos em que você sente mais emoções vindas de outros personagens do que dela.

O destaque também vai para o Noturno de Kodi Smit-McPhee. O personagem serviu como um grande alívio cômico e teve seu lado sombrio destacado, deixando uma ótima impressão sobre o mutante e mostrando que nem só de risadinhas e piadas para descontrair o personagem pode viver.

Conclusão

Pôster X-Men: Fênix Negra

Infelizmente, X-Men: Fênix Negra será um filme esquecido rapidamente, assim como todos os outros da franquia. Seu papel como a finalização de um ciclo não foi entregue como foi vendido.

Em comparação a outros filmes da saga, contudo, ele se torna facilmente o favorito dos fãs. Entretanto, ainda assim falta algo para cativar, falta apego emocional aos personagens e faltou entregar aquilo pelo que os fãs esperavam para um final decente para uma série de filmes que vem sendo acompanhada durante anos.

X-Men: Fênix Negra chega aos cinemas amanhã, dia 6 de junho.

FIQUE LIGADO:

X-Men: Fênix Negra | Primeiras reações não empolgam!

X-Men: Fênix Negra | NOVO trailer prepara os fãs para final épico!

X-Men: Fênix Negra | Longa teve seu arco final refilmado para evitar comparações