Batgirl: Após saída de Joss Whedon, DC achou roteirista (no Twitter!)?

Recentemente, Joss Whedon deixou a direção e o roteiro do longa Batgirl (conforme notícia original abaixo). Mas parece que a DC não vai ficar muito tempo sem roteirista para o filme solo da heroína. A nova possibilidade seria a autora Roxane Gay. A forma, entretanto, como as possíveis negociações entre a escritora e a DC tiveram início foi, no mínimo, inusitada.

Pelo Twitter!

DC Twitter

Tradução

Roxane Gay: Hey @DCComics eu posso escrever o filme da Batgirl, sem problemas.

Michele Wells: Se você está falando sério... entre em contato comigo. michele.wells@dcentertainment.com

Roxane Gay: Sim, eu estou falando sério. Vou te mandar um e-mail.

É isso que mesmo, o que pode vir a ser uma negociação concreta para a nova roteirista do filme teve início no Twitter. A autora Roxane Gay se ofereceu para assumir o roteiro do longa e Michele Wells, vice-presidente de Estratégia de Conteúdo da DC Entertainment respondeu a autora.

Mas uma oferta dessas também não poderia passar batido pela DC. Roxane Gay é ninguém menos que a responsável por escrever a HQ O Mundo de Wakanda, da Marvel. O quadrinho foi muito elogiado pela forma como autora retratou personagens LGBTQ. Além disso, a autora também já alcançou a lista dos mais vendidos do The New York Times com sua série Bad Feminist (Má Feminista, em tradução livre) e livros como An Untamed State and Hunger (Um Estado Indomável e Fome, em tradução livre).

Não há nada confirmado, claro, mas a conversa pública tanto demonstra que a possibilidade do filme Batgirl ainda existe como dá aos fãs a esperança de ter alguém como Roxane Gay à frente do roteiro.

Confira abaixo a notícia original.

Batgirl: Joss Whedon não está mais à frente da direção e do roteiro

É, a DC parece não estar dando sorte quando se trata de diretores. Após a polêmica saída de Jack Snyder de Liga da Justiça e a dúvida ainda pendente sobre a direção de The Flash: Flashpoint, agora foi a vez de Joss Whedon abandonar o barco. Whedon está oficialmente fora da direção e do roteiro do filme Batgirl. O diretor abandonou a produção por decisão própria. 

"Demorei meses para perceber que eu não tinha uma história"

Joss Whedon Batgirl

Em declaração dada ao The Hollywood Reporter, Joss Whedon (conhecido por criar o sucesso Buffy: A Caçadora de Vampiros) afirmou que está deixando a produção do filme Batgirl. O diretor admitiu sua falha ao insistir na realização do filme e agradeceu Geoff Johns, presidente da DC, e Toby Emmerich, presidente do Grupo Warner Bros. Picture, pela oportunidade.

"Batgirl é um projeto tão excitante, e a Warner e a DC são parceiros tão colaborativos e compreensivos, que demorei meses para perceber que eu não tinha uma história. Sou grato a Geoff e Toby e a todos que me receberam tão bem quando cheguei e que me entenderam quando eu... há uma palavra mais sexy para 'falhei'?" 

Rumores apontam que um filme de Batgirl não estava nos planos da DC e da Warner até Whedon convencê-los sobre a realização do longa. Embora o diretor alegue não ter história para a versão cinematográfica da heroína, o site Variety já havia publicado também que o filme se basearia no quadrinho de estreia de Batgirl, o The Million Dollar Debut of Batgirl! (A estreia milionária de Batgirl, em tradução livre), de 1967.

Outro ponto que se levantou após o anúncio da saída do diretor foi a importância de o longa contar com a direção de uma mulher, a exemplo de Patty Jenkins à frente de Mulher-Maravilha. A contradição de ter um homem comandando direção e roteiro de um filme protagonizado por uma mulher seria similar a ter um diretor branco à frente de Pantera Negra, por exemplo, conforme destacou o site.

Ainda não há mais informações sobre o filme Batgirl.