American Horror Story | Os 8 momentos mais aterrorizantes (e doentios)!

A 9ª temporada da aclamada série antológica American Horror Story chega ao canal FX no dia 18 de setembro. Há oito anos, o programa marca a televisão com cenas que passeiam entre o macabro e o gore.

E para entrar no clima da estreia do nono ano da série, o que melhor que relembrar alguns de seus momentos mais aterrorizantes e doentios de cada temporada?!

AVISO: As imagens e informações a seguir são de cenas fortes e não indicadas para todas as idades. Se você é fã de American Horror Story, sabe bem do que estamos falando!

1. Home Invasion (1ª temporada - Murder House)

Murder House, com certeza, foi um começo e tanto para a história que American Horror Story faria na televisão. A temporada, até hoje, é uma das preferidas pelos fãs, e guarda alguns dos momentos mais pesados da série.

No episódio Home Invasion, logo no início, vemos um assassinato pavoroso cometido na casa em 1968. Já na atualidade, o capítulo segue mostrando um grupo que quer reencenar o crime. Porém, os assassinos acabam morrendo em cenas que incluem machados na barriga e outros tipos de violência explícita.

2. O destino de Shelly (2ª temporada - Asylum)

A segunda temporada de American Horror Story se passa em um asilo para doentes mentais. Mas os episódios abordaram bem mais temas. Nenhum deles muito leve, claro! Preconceito, experiências em humanos, nazismo, hipocrisia religiosa, possessão demoníaca e até extraterrestres.

Mas uma das cena que mais deu arrepios nos fãs da série foi o destino de Shelly. Ao tentar fugir do macabro asilo Briarcliff, Shelly fica para trás para proteger seus amigos e acaba encurralada pelo doentio Dr. Arden. Com a justificativa de “cortar as asas para que esse passarinho não fuja", o cientista amputa as duas pernas de Shelly.

Mas o destino da moça ainda seria pior. Dr. Arden faz de Shelly sua nova experiência e a mutila e a infecta com diferentes vírus. Em uma nova tentativa de fuga, ela é morta pelo Monsenhor Howard, que a enforca com um rosário.

3. Kyle volta à vida (3ª temporada - Coven)

Na terceira temporada da série, as coisas, com certeza, não ficam menos aterrorizantes. Com uma plot focada em uma escola de bruxas, o novo ano não prometia algo menos que macabro. E já cumpriu em seus primeiros episódios.

Após Madison ser dopada e estuprada pelo estudante Brener, a jovem, que é uma das bruxas, usa seus poderes para capotar o ônibus em que ele e seu time estavam. No acidente, morre também o jovem Kyle, por quem a bruxa Zoe se apaixona e que tinha ajudado a salvar Madison.

As duas bruxas usam, então, um feitiço vudu para ressuscitar Kyle. Porém, o jovem, assim como as outras vítimas, foi esquartejado no acidente. Para trazê-lo de volta à vida, portanto, elas unem partes de corpos que encontraram no necrotério.

4. A transformação de Penny (4ª temporada - Freak Show)

O próximo momento aterrorizante aconteceu com Penny, na quarta temporada da série. A jovem decide voltar a sua casa apenas para pegar suas coisas e revelar ao pai que está indo embora. Seu pai, contudo, a dopa. Mas o objetivo não era apenas evitar sua partida.

Com a ajuda de um "amigo artista", ele tatua todo o rosto de Penny e deixa a garota com uma língua bifurcada. Tudo como forma de transformá-la em uma aberração.

5. Sexo a quatro (5ª temporada - Hotel)

A quinta temporada de American Horror Story já nos recebe com uma das cenas mais macabras dos novos episódios, deixando bem claro o tom do novo ano da série.

Estamos falando, claro, do momento em que Elizabeth Johnson, personagem de Lady Gaga, e Donovan, interpretado por Matt Bomer, matam um casal durante uma cena de sexo a quatro. Como se não bastasse, eles ainda se alimentam do sangue das vítimas.

6. A morte das enfermeiras (6ª temporada - Roanoke)

Roanoke chamou muito a atenção dos fãs e veio cheia de surpresas, envolvendo acontecimentos macabros, séries televisivas sobre os acontecimentos e o retorno de personagens como Lana Winters, lá da segunda temporada.

Entre os muitos momentos de dar arrepios, o brutal assassinato de duas enfermeiras homicidas foi especialmente cruel. Uma delas foi morta com uma foice. A outra foi puxada pelos dois lados e teve seus braços arrancados.

7. A morte de R.J. (7ª temporada - Cult)

A 7ª temporada de American Horror Story veio cheia de críticas ao atual momento político dos Estados Unidos. Várias cenas merecem destaque, mas uma específica foi especialmente cruel: a morte de R.J.

Após decidir que R.J. deve morrer, o personagem de Evan Peters, Kai, obriga a todos que faziam parte de seu macabro culto a dar tiros de pregos na cabeça do jovem.

8. A verdade sobre Langdon (8ª temporada - Apocalypse)

Apocalypse ficou conhecida como a temporada com maior número de crossovers entre as temporadas anteriores. Mas uma das cenas mais macabras fica por conta de um novo personagem: Langdon.

Langdon, na verdade, era o anticristo. E para adorar o cara e ao próprio Satã, seus seguidores fazem um ritual de sacrifício. Tudo nos conformes do que já vimos em filmes que abordam o assunto. Uma jovem numa espécie de altar de pedra, sendo morta com uma faca em seu peito.

Como se já não estivesse macabro o suficiente, os seguidores arrancam o coração da jovem e dão a Langdon, que começa a comer o coração, enquanto a sombra do diabo surge por trás dele.

----------------------------

Concorda com os momentos que selecionamos ou citaria outros nesta lista? A 9ª temporada de American Horror Story estreia dia 18 de setembro. Confira o trailer abaixo:

FIQUE POR DENTRO

Confira 10 filmes de terror imperdíveis para fãs de cinema

Os filmes de terror mais controversos de todos os tempos

Conheça os bonecos mais assustadores dos filmes de terror!

20 melhores jogos de terror que vão te dar pesadelos!

20 Melhores Animes de Terror para você assistir (se tiver coragem)